Jardins e Parques das Cidades

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Pedro Pereira em Qui Jul 24, 2008 6:27 am

Boas tardes, na ultima "Pardela" apareceu um artigo sobre aves nos Jardins e parques.

ao que me pareceu ainda não havia um tópico sobre este tema, pelo que aproveito para criar um e falar um pouco dos parques e Jardins de Évora. Espero que também falem dos parques e jardins das vossas localidades.

A principal zona verde da cidade de Évora, é o jardim público, com quase 6ha, é quase constituido só por exóticas. aqui vulgarmente aparecem S. decaocto, P. major, P. caerueleus, Luscinia, S. atricapilla, Certhia e Troglodytes, C. chloris e Serinus. sendo também de referir a nidificação de Muscicapa e a presença de (pelo menos) um casal de Strix. e ainda no domingo vi lá um Coccothraustes, mas possivelmente apenas de passagem...

Merece ainda destaque, o Circuito de Manutenção, uma área dominada pelo Sobro, com pouco mais de 3ha, onde aparecem Fringilla, Erithacus e Sitta.

Pedro


Última edição por Pedro Pereira em Qui Jul 24, 2008 10:09 am, editado 1 vez(es)
avatar
Pedro Pereira

Número de Mensagens : 235
Idade : 32
Local : Centro-Sul
Data de inscrição : 30/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Gonçalo Elias em Qui Jul 24, 2008 7:38 am

Olá Pedro,

Excelente tópico!

Se conseguirmos aqui uma boa participação, podemos pensar em fazer um quadro comparativo do que se passa nas várias regiões do país.

Começo por falar de Lisboa, cidade onde cresci e sobre cujas aves até escrevi um livro. Não vou para já considerar o Parque Florestal de Monsanto nem a Tapada da Ajuda, porque me parecem ter dimensão superior a um parque ou jardim e porque têm uma localização periférica relativamente à zona urbanizada da cidade. Assim, considerando os outros parques e jardins (Calouste Gulbenkian, Campo Grande, Jardim da Estrela, parque do Monteiro-Mor e outros mais pequenos) vêm-me à cabeça as seguintes espécies:

Gal chl (no lago do jardim Gulbenkian)
Col pal (este ainda tenho de confirmar bem onde é que aparecem actualmente)
Str dec
Psi kra (exótica, aparece na Gulbenkian e no jardim da Estrela)
Hir rus
Ant pra
Mot cin (regular na Avenida da Liberdade)
Mot alb (grande dormitório na Praça de Espanha)
Tro tro
Eri rub (dantes como invernante e agora também como nidificante)
Tur mer
Tur phi (invernante)
Tur ili (invernante)
Syl atr
Syl mel
Phy col (invernante)
Reg ign
Fic hyp (passagem - Setembro)
Par ate
Par cae
Par maj
Cer bra
Gar gla
Stu uni
Pas dom
Ser ser
Car chl
Car car

O que não há de todo em Lisboa das espécies que referiste são Sit eur. Quando aos Lus meg havia na Tapada da Ajuda em 1989 mas depois disso nunca mais os ouvi. Fri coe aparecia como invernante na Tapada da Ajuda, nunca os vi noutros locais da cidade.

Tenho umas notas nos meus cadernos sobre jardins públicos noutras cidades do país, oportunamente colocarei aqui esses dados.

1 abraço,
Gonçalo
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 18446
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por pedro121 em Ter Jul 29, 2008 5:21 am

Boas

O tópico é sem duvida interessante, vou deixar o meu contributo em relação ao parque das Caldas da Rainha e ao do Bombaral

Caldas da Rainha

Turdus merula
Turdus philomelos
Erithacus rubecula
Parus major
Parus caeruleus
Ardea cinerea
Dendrocopos major
Sturnus vulgaris
Sturnus unico
Gallinula chloropus (casal reprodutor)
Regulus ignicapilla
Serinus serinus
Carduelis chloris
Carduelis carduelis
Alcedo atthis
Certhia brachydactyla
Sylvia atricapilla
Streptopelia decaocto
Phylloscopus collybita


Bombarral


Turdus merula
Erithacus rubecula
Parus major
Parus caeruleus
Carduelis chloris
Certhia brachydactyla
Sylvia atricapilla
Garrulus glandarius


Última edição por pedro121 em Dom Out 26, 2008 5:15 pm, editado 3 vez(es)
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 10382
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Gonçalo Elias em Ter Jul 29, 2008 5:50 am

Se juntarmos muitas contribuições poderíamos construir uma grelha comparativa para vermos se há diferenças regionais Smile
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 18446
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Pedro Pereira em Ter Jul 29, 2008 6:36 am

sendo assim penso que é importante apresentar também a fenologia.

abraço

Pedro
avatar
Pedro Pereira

Número de Mensagens : 235
Idade : 32
Local : Centro-Sul
Data de inscrição : 30/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Pedro Pereira em Ter Jul 29, 2008 6:57 am

Seguem-se as listas das espécies de Évora e Castro Verde.

Évora

Bubulcus ibis res (alimentação)
Ciconia ciconia m nid
Falco tinnunculus res (nid possivel)
Columba livia res
Streptopelia decaocto res
Strix aluco res
Athene noctua res
Tyto alba res
Apus apus m nid
Apus pallidus m nid
Hirundo rustica m nid
Delichon urbicum m nid
Anthus pratensis inv
Motacilla alba res
Motacilla cinerea res
Troglodytes troglodytes res
Erithacus rubecula inv (nid poss)
Luscinia megarhynchos m nid
Phoenicurus ochruros inv
Turdus merula res
Turdus philomelos inv
Sylvia atricapilla res
Sylvia melanocephala res
Cisticola juncidis res
Phylloscopus collybita inv
Phylloscopus trochilus pass
Muscicapa striata m nid
Ficedula hypoleuca pass
Parus major res
Parus caeruleus res
Sitta europea res
Certhia brachydactyla res
Pica pica res
Corvus monedula res
Sturnus unicolor res
Passer domesticus res
Fringilla coelebs res
Carduelis cannabina res
Carduelis carduelis res
Carduelis chloris res
Carduelis spinus inv
Serinus serinus res

Castro Verde

Ciconia ciconia m nid
Columba livia res
Streptopelia decaocto res
Athene noctua res
Tyto alba res
Apus apus m nid
Galerida cristata res
Hirundo rustica m nid
Delichon urbicum m nid
Anthus pratensis inv
Motacilla alba inv
Prunella modularis inv
Erithacus rubecula inv
Phoenicurus ochruros inv
Turdus merula res
Turdus philomelos inv
Sylvia atricapilla inv
Sylvia melanocephala res
Cisticola juncidis res
Phylloscopus collybita inv
Phylloscopus trochilus pass
Ficedula hypoleuca pass
Parus major res
Parus caeruleus res
Cyanopica cyanus res
Sturnus unicolor res
Passer domesticus res
Carduelis carduelis res
Carduelis chloris res
Serinus serinus res

Abraço

Pedro
avatar
Pedro Pereira

Número de Mensagens : 235
Idade : 32
Local : Centro-Sul
Data de inscrição : 30/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Alexandre_Leitão em Ter Jul 29, 2008 4:59 pm

Meus caros:

alguns acrescentos:

Pedro: em 1998, os Coccothraustes criaram no Jardim Público, assim como Tyto alba. Também, por diversas vezes, foram observados Parus cristatus, exclusivamente no Inverno.

Quanto a Lisboa:
Na Gulbekian é relativamente frequente ver Nycticorax nycticorax, e, na passagem, os Luscinia megarhynchos.

No Jardim do Hospital da Estefânia tenho alguns registos recentes:
Psittacula krameri - criam e é dormitório durante o Inverno
Fringilla coelebs - existe um macho que canta todo o santo dia, desde o ínicio do mês de Junho
Apus pallidus - criam neste local
O António Gonçalves já aqui observou Nycticorax nycticorax

Tenho de iniciar a compilação deste local.

Como esclarecimento à dúvida do Gonçalo relativamente aos Columba palumbus: as zonas onde se vêem com maior frequência são o Campo Grande e a Alta de Lisboa. No primeiro caso, podem estar a criar nos Jardins do Museu Municipal. No segundo caso, existem algusn locais, como a Quinta da Musgueira, onde são observados frequentemente.
avatar
Alexandre_Leitão

Número de Mensagens : 91
Local : Lisboa
Data de inscrição : 15/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Gonçalo Elias em Qua Jul 30, 2008 1:36 am

Alexandre_Leitão escreveu:Pedro: em 1998, os Coccothraustes criaram no Jardim Público, assim como Tyto alba. Também, por diversas vezes, foram observados Parus cristatus, exclusivamente no Inverno.

Epá tenho registos de Coc coc em 3 jardins públicos a saber: Alcáçovas, Mora e Pedrógão Grande.

Alexandre_Leitão escreveu:Quanto a Lisboa:
Na Gulbekian é relativamente frequente ver Nycticorax nycticorax, e, na passagem, os Luscinia megarhynchos.

Bem na passagem já apanhei Sylvia borin no parque do Monteiro-Mor.

Alexandre_Leitão escreveu:No Jardim do Hospital da Estefânia tenho alguns registos recentes:
(...)Fringilla coelebs - existe um macho que canta todo o santo dia, desde o ínicio do mês de Junho

A espécie não é frequente em Lisboa. Será engaiolado? Ou fatela?

Alexandre_Leitão escreveu:Como esclarecimento à dúvida do Gonçalo relativamente aos Columba palumbus: as zonas onde se vêem com maior frequência são o Campo Grande e a Alta de Lisboa.

Desculpa lá mas o sítio onde se vêem mais é em Monsanto Laughing

Alexandre_Leitão escreveu:No primeiro caso, podem estar a criar nos Jardins do Museu Municipal. No segundo caso, existem algusn locais, como a Quinta da Musgueira, onde são observados frequentemente.

epá eu não sou muito de frequentar a Musgueira e além disso nem sequer é um jardim (a última vez que lá passei andava lá um Elanus)

1 abraço,
Gonçalo
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 18446
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Alípio em Qua Jul 30, 2008 5:13 am

Aproveito este tópico para perguntar se sabem de registos de Alcedo Atthis nalgum jardim de Lisboa.

No ano passado vi um - mas infelizmente morto - num grande relvado que existe nos jardins do Palácio de Belém.

Obrigada!

Alípio

Número de Mensagens : 32
Idade : 46
Local : Lisboa
Data de inscrição : 07/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Gonçalo Elias em Qua Jul 30, 2008 6:59 am

Alípio escreveu:Aproveito este tópico para perguntar se sabem de registos de Alcedo Atthis nalgum jardim de Lisboa.

No ano passado vi um - mas infelizmente morto - num grande relvado que existe nos jardins do Palácio de Belém.

Obrigada!

Olá Alípio,

Acho que vêm registos de Alcedo atthis mencionados no "Guia das Aves de Lisboa" mas não tenho a certeza do local. Mais logo irei confirmar e depois coloco aqui a informação.

1 abraço,
Gonçalo
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 18446
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Pedro Pereira em Qua Jul 30, 2008 7:03 am

Obrigado Alexandre pelos dados a acrescentar à lista de Évora

espécies que eu não tenha conhecimento que sejam regulares, decidi não incluir nas listas

abraço


Última edição por Pedro Pereira em Qua Jul 30, 2008 9:50 am, editado 1 vez(es)
avatar
Pedro Pereira

Número de Mensagens : 235
Idade : 32
Local : Centro-Sul
Data de inscrição : 30/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Gonçalo Elias em Qua Jul 30, 2008 7:28 am

Viva Pedro,

O tópico começou com jardins públicos e já está a evoluir para o teu quintal.

Convém especificarmos aqui o tipo de habitat que estamos a considerar, senão é a anarquia king

1 abraço,
Gonçalo
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 18446
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por barrento em Qua Jul 30, 2008 8:20 am

Aproveito este tópico para perguntar se sabem de registos de Alcedo Atthis nalgum jardim de Lisboa

Assim, de repente, lembro-me de o ver na Jardim do Campo Grande (em dois locais diferentes) e no Jardim Botânico.
avatar
barrento

Número de Mensagens : 624
Idade : 49
Local : Alcobaça
Data de inscrição : 22/06/2007

http://www.barrento.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Alípio em Qua Jul 30, 2008 8:30 am

Obrigada, Barrento, pela resposta.
Que azar o meu - o primeiro guarda-rios que vi e logo morto Crying or Very sad

Alípio

Número de Mensagens : 32
Idade : 46
Local : Lisboa
Data de inscrição : 07/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Pedro Pereira em Qua Jul 30, 2008 8:35 am

tens razão, Gonçalo.

já me estava a entusiasmar. Razz

fiquemos só pelos parques e jardins. Cool

regulares não tenho nada a acrescentar.

abraço

Pedro
avatar
Pedro Pereira

Número de Mensagens : 235
Idade : 32
Local : Centro-Sul
Data de inscrição : 30/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por RicardoLima em Sab Ago 09, 2008 6:18 am

Bom dia a todos!

Fico contente por o artigo ter suscitado este interesse pelas aves de jardim. Sempre achei um tópico muito interessante, sobretudo para cativar as pessoas com menos experiência, mas também porque existe muita coisa por descobrir nestes habitats tão acessíveis.

O meu interesse por este tópico surgiu porque fazia visitas guiadas no Jardim Botânico da Faculdade de Ciências de Lisboa e quando comecei a entrar no mundo das aves, comecei a aperceber-me da variedade que podia existir num lugar tão pequeno (3ha), no meio de uma grande cidade e num habitat que é geralmente encarado como pobre no número de espécies!

Neste momento já tenho registo de mais de 40 espécies nesse jardim, das quais cerca de dois terços são regulares pelo menos numa parte do ano (inverno, migração ou reprodução). Das espécies regulares fiquei surpreendido com o peneireiro, o periquitão-de-cabeça-azul, a alvéola-cinzenta, o tordo-músico e o gaio. O gaio para além de regular pode aparecer em quantidade, uma vez vi 3 juntos e presumivelmente mais um diferente que apareceu noutra área do jardim … Para além das espécies regulares também já observei (ou foram-me credivelmente reportadas) algumas, que me surpreenderam bastante, tendo em conta o local: goraz, coruja-do-mato, águia-de-asa-redonda, pombo-torcaz, pica-pau-malhado-grande, felosa-das-figueiras (em migração pré-nupcial), tentilhão e lugre.

Também fui uma vez ao Jardim da Gulbenkian com o intuito de ver aves e não fiquei decepcionado. Numa hora vi um gaio, um tentilhão, pintarroxo e um psitacídeo muito colorido, que não consegui identificar…

Quanto à lista que o Gonçalo apresentou para Lisboa eu acrescentava pato-real (será que se podem considerar selvagens? No Jardim Botânico reproduzem-se e têm um comportamento e aspecto minimamente decente, mas não sei!), peneireiro, gaivota-de-asa-escura, andorinhão-preto, andorinha-dos-beirais, rabirruivo-preto, estorninho-malhado e talvez acrescentasse taralhão-cinzento e felosa-musical, pelo menos da curta amostragem que tenho parece-me que durante a migração pós-nupcial ambas as espécies são regulares. E apesar de nunca ter visto nenhum guarda-rios em Lisboa, também já tinha ouvido dizer que eles apareciam nos lagos do Campo Grande. Curiosamente nunca no Jardim Botânico. Será que era outro jardim botânico?

Quanto a outras cidades mais pequenas o conceito de Jardim fica um pouco mais difícil de aplicar, pelo se se quiser fazer mesmo uma lista mais a sério isso teria de ser esclarecido, bem como a noção de espécie regular vs ocasional…

Mas já agora aproveito para dizer que os bico-grossudos também costumavam aparecer nas árvores das avenidas principais de Castelo Branco e uma vez vi um a alimentar-se no chão do jardim da Escola Superior de Educação!

Também achei curioso o facto do Pisco-de-peito-ruivo agora também nidificar em Lisboa, porque numa visita ao Parque Marechal Carmona também os vi por lá em época de reprodução e com comportamento comprometedor, apesar de não ter chegado a confirmar fiquei com suspeitas muito fortes. Que eu soubesse eles só costumavam nidificar na Serra de Sintra. É curioso que agora o façam noutros locais, embora muito próximos…

RicardoLima

Número de Mensagens : 66
Idade : 34
Local : Lancaster / Cascais / Sao Tome
Data de inscrição : 29/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aves dos jardins de Abrantes e Tomar

Mensagem por Paulo Alves em Sab Ago 09, 2008 5:37 pm

Acho o tópico muito interessante e posso dar o meu contributo em relação aos jardins de Abrantes e Tomar.

Em relação a Abrantes, o jardim de que falo é o Jardim do Castelo.

-Passer domesticus(residente)
-Sylvia atricapilla(residente)
-Turdus merula(residente)
-Streptopelia decaocto(residente)
-Parus caeruleus(residente)
-Phylloscopus collybita(desconheço)
-Ptyonoprogne rupestris(passagem, sei que nidifica no edifício do Hospital, provavelmente usa este local para alimentação apenas)
-Serinus serinus(residente)
-Sylvia melanocephala(residente)
-Phoenicurus ochruros(residente)
-Carduelis carduelis(residente)
-Carduelis chloris(residente)
-Erithacus rubecula(invernante, nidificante?)
-Falco tinnunculus(visto nas imediações do jardim,passagem)
-Accipiter nisus(passagem)

Outro jardim muito interessante em Abrantes é o Parque Urbano de S. Lourenço, localizado na Mata de S.Lourenço. Dele tenho apenas alguns registos dispersos. Lembro-me agora de ter lá observado:
Sitta europaea(residente)
Garrulus glandarius(residente)
Corvus corone(residente)
Upupa epops(desconheço, poderá nidificar nas proximidades)

Em Tomar o jardim de que falo é o Jardim do Mouchão. Nele encontramos:
Streptopelia decaocto(residente)
Carduelis spinus(invernante)
Philloscopus collybita(desconheço)
Passer domesticus(residene)
Motacilla alba(residente)
Motacilla cinerea(residente)
Parus caeruleus(residente)
Anas platyrhynchus (origem muito duvidosa Suspect , existem dois híbridos com Pato-mudo; residente)
Parus cristatus(desconheço)
Erithacus rubecula(desconheço, nid. possível)
Sylvia atricapilla(residente)
Hirundo rustica(passagem)
Carduelis chloris(reidente)
Alcedo atthis(passagem, utiliza alguns arbustos ribeirinhos como poiso)
Delichon urbica(passagem)
Turdus merula(residente)
Carduelis carduelis(residente)
Serinus serinus(residente)
Phoenicurus ochruros(residente)

Devido à proximidade do rio Nabão pode-se ainda observar:
Nycticorax nycticorax(nidificante? Question , estes indivíduos deixam-me muito intrigado devido à sua presença neste local, já observei juvenis mas não obtenho a confirmação da sua nidificação scratch );
Ardea cinerea(residente não nidificante)
Charadrius dubius(nidificante cheers )
Riparia riparia(nidificante)

Outro local que é importante dar a conhecer, mas que da qual não possuo uma lista muito exaustiva) é a Mata dos Sete Montes (vale mesmo a pena!). Da útima vez que a visitei tive oportunidade de ver um Coccothraustes coccothraustes adulto a alimentar um juv. já fora do ninho Basketball .

Assim que puder actualizarei estas listas, em especial a do Parque Urbano de S.Lourenço e da Mata dos Sete Montes.

Abraço
___________
Paulo Alves
avatar
Paulo Alves

Número de Mensagens : 1731
Idade : 28
Local : Mouriscas - Abrantes
Data de inscrição : 30/06/2008

http://riscosapenas.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Pedro Fernandes em Seg Ago 11, 2008 4:24 am

Alo Alipio!

Lembro-me de ver Alcedo atthis tambem no Jardim Gulbenkian, Verao de 2000.

Cumprimentos,
Pedro
avatar
Pedro Fernandes

Número de Mensagens : 682
Local : Rabat
Data de inscrição : 01/07/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Alípio em Seg Ago 11, 2008 7:41 am

Pedro Fernandes escreveu:Alo Alipio!

Lembro-me de ver Alcedo atthis tambem no Jardim Gulbenkian, Verao de 2000.

Obrigada Pedro Fernandes pela informação (muito interessante)!
Cumprimentos,
EAlípio

Alípio

Número de Mensagens : 32
Idade : 46
Local : Lisboa
Data de inscrição : 07/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por joaopedromartins em Qua Ago 13, 2008 6:38 am

Boa tarde, ja houve registos de Guarda Rios no Parque Gulbenkian no Inverno. Eu ja o vi no lago do Parque Eduardo VII junto da Estufa Fria.
Cumprimentos.

joaopedromartins

Número de Mensagens : 13
Data de inscrição : 17/07/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Pedro Fernandes em Sex Ago 15, 2008 5:59 am

Falando em aves e jardins, ontem dei uma saltada ao jardim Gulbenkian onde um casal de galinhas-de-agua era acompanhado por tres crias ja granjolas. Sendo uma especie comum, nao deixa de ser uma boa oportunidade de ver de perto (muito perto mesmo) esta especie que noutros contextos e esquiva e algo timida. Entretive-me ali um bocado a ver as galinhas-de-agua a fanarem pedacos de pao e levarem-no para a agua para o amolecerem (os putos nao sabiam fazer isto, tentavam comer o pao seco sem grande sucesso), e a assustarem-se com as carpas que desovavam nas zonas menos fundas, deixando expostos os lombos. Tambem andava por ali um pardal-domestico parcialmente leucistico (uma pena caudal branca), enquanto que por cima do lago, juvenis de andorinha-das-chamines perseguiam os adultos tentando ser alimentados (o mesmo faziam borrachos e as galinhitas-de-agua).
E estava tudo a correr bem ate que uma criancinha veio com um belo calhau sacado ali a beira lago e o atirou para onde nadavam varios patos-reais ainda pequenitos, vindo a pedra a cair a meio metro de onde eu estava sentado. A mae da criatura disse sem firmeza: "pedras nao". Decidi ir-me embora...
avatar
Pedro Fernandes

Número de Mensagens : 682
Local : Rabat
Data de inscrição : 01/07/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por pedro121 em Sex Ago 15, 2008 9:10 pm

Pedro Fernandes escreveu:Falando em aves e jardins, ontem dei uma saltada ao jardim Gulbenkian onde um casal de galinhas-de-agua era acompanhado por tres crias ja granjolas. Sendo uma especie comum, nao deixa de ser uma boa oportunidade de ver de perto (muito perto mesmo) esta especie que noutros contextos e esquiva e algo timida.

Boas

Na passada quinta feira tive oportunidade de ir ao jardim da Gulbenkian e observei a mesma galinha e as suas crias, ela é realmente muito confiante, para o pessoal da fotografia propociona uma oportunidade fantastica, tanto pela calma do "alvo" como pelo cenario. No meu caso tive um encontro imediato com o sistema de rega dos jardins que me estragou um pouco a tarde.
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 10382
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por pedro121 em Dom Set 14, 2008 3:41 am

Bom dia

Tive que me deslocar ao Porto por motivos profissionais na semana passada e nos intervalos fui dar uns saltos ao Parque da Cidade, a ideia era tentar ver os Garçotes e migratórias, mas acabei por ver mais umas coisas

Mergulhão pequeno
Galinha de agua (é preciso cuidado para não pisa-las)
Galeirão
Pombo torcaz
Papa moscas preto
Papa moscas cinzento
Cisne mudo
Ganso do Egipto
Pega Rabuda
Guarda rios
Felosa Musical
Felosa (se a comum ou se a ibérica não faço ideia)
Chapim carvoeiro
Chapim de poupa
Chapim Real
Pisco de Peito ruivo
Gaio
Melro
Pardal domestico
Garça Real
Estrelinha de cabeça listada
Alvelola branca
Alvelola amarela, Motacilla flava flava
Gaivota de patas amarelas
Gaivota de asas escuras
Fuinha dos juncos
Andorinhão pálido
Andorinhão preto
Toutinegra de barrete
Periquito de colar
Bico de lacre
Andorinha das chaminés
Andorinha dos beirais
Rola turca
Pato real
Garças boeiras
Trepadeira comum
Cartaxo

E quando já me ia a vir embora e sem ver o Garçote dou com um Torcicolo a alimentar-se no meio de três cisnes…

Sem duvida um local de eleição para a observação de aves, e para mais o parque tem um dos lados em comunicação com a costa, o que possibilita a observação de aves marinhas


Última edição por pedro121 em Sab Set 20, 2008 12:43 am, editado 1 vez(es)
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 10382
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Correia em Sex Set 19, 2008 6:27 pm

Olá a todos,

aproveito para contribuir com os dados que tenho, referentes aos espaços verdes de Alcobaça.

Estes dados abrangem 3 áreas distintas dentro da cidade, compostas pelos seguintes espaços, conforme a imagem:

A - Jardim da Câmara Municipal;
B - Jardim do Tribunal;
C - Área do Mercado municipal e parque de estacionamento (arborizados com plátanos);
D - espaço de lazer por trás da Biblioteca Municipal (recentemente requalificado)
E - área pedonal na zona ribeirinha do rio Alcoa (recentemente requalificada)






Espécies observadas e/ou ouvidas:

Egretta garzetta (Invernante; zona D e E)
Ardea cinerea (idem)
Ciconia ciconia (apenas uma vez, de passagem; zona A)
Phoenicopterus ruber (tb uma única vez e de passagem; zona A)
Accipiter nisus (agora em Agosto, denunciado pelas andorinhas dos beirais; zona C)
Gallinula chloropus (residente; zonas D e E - ainda este mês vi o casal com uma ninhada de 4 recém-nascidos)
Actitis hypoleucos (residente; zona D e E)
Streptopelia decaocto (residente)
Otus Scops (nidificante; principalmente zonas A e C)
Athene noctua (residente; armazéns abandonados da zona E)
Strix aluco (residente; zona A)
Tyto alba (residente)
Apus apus (nidificante)
Apus pallidus (nidificante)
Alcedo athis (residente, nidificante não confirmado; zona D e E)
Dendrocopus major (visitante ocasional, vindo das matas adjacentes; zona A)
Riparia riparia (nidificante; zona D)
Ptyonoprogne rupestris (residente nidificante; zona D)
Hirundo rustica (nidificante; nas imediações)
Delichon urbica (idem)
Motacilla cinerea (residente; zonas D e E)
Motacilla alba (residente)
Garrulus glandarius (visitante ocasional; zona A)
Cettia cetti (ouvido apenas uma vez; zona E)
Sylvia atricapilla (residente)
Sylvia melanocephala (vista uma vez; zona E)
Phylloscopus collybita (residente)
Phoenichurus ochrurus (residente)
Erithacus rubecula (residente; zona A e B)
Turdus merula (residente; zona A)
Parus caeruleus (residente)
Parus ater (visitante; zona A)
Parus major (residente)
Aegithalus caudatus (visitante; zona A e C)
Certhia brachydactyla (visitante; zona A)
Passer domesticus (residente)
Fringilla coelebs (visitante; zona A)
Serinus serinus (residente)
Carduelis chloris (residente)
Carduelis spinus (invernante ocasional; zonas A e C)
Carduelis carduelis (residente)


Aproveito para reforçar algumas observações em Jardins de Lisboa:

Ardea cinerea (Jardim da Gulbenkian; várias vezes entre 1994 e 1998)
Alcedo athis (jardim da Gulbenkian e Campo Grande; não sei precisar o/s ano/s)
Upupa epops (jardim em frente do Liceu Camões, por trás do Forum Picoas; 1996)

A título de curiosidade, sei também que o Barrento chegou a encontrar um Clamator glandarius morto na Avenida de Roma, provavelmente... "morto de cansaço"...!
avatar
Correia

Número de Mensagens : 97
Idade : 44
Local : A Oeste da Serra dos Candeeiros
Data de inscrição : 10/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Gonçalo Elias em Dom Fev 15, 2009 8:33 am

Aqui vão mais umas dicas:

Parus ater - Vila Real e Viseu
Sitta europaea - Pedrógão Grande, Vila Nova de Paiva
Coccothraustes coccothraustes - Mora, Alcáçovas
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 18446
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins e Parques das Cidades

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum