Estarreja no Mapa da Observação de Aves

Ir em baixo

Estarreja no Mapa da Observação de Aves

Mensagem por Gonçalo Elias em Dom Mar 30, 2014 1:36 pm

Estarreja no Mapa da Observação de Aves
Data: 28.03.2014
Fonte: local.pt



ESTARREJA – Tendo como cenário a paisagem única do Percurso de Salreu do BioRia, no Baixo Vouga Lagunar, a Câmara Municipal de Estarreja promoveu uma conferência de imprensa de apresentação do programa oficial da 1ª ObservaRia – Estarreja 2014, feira dedicada à observação de aves e ao turismo de natureza que vai decorrer nos dias 12 e 13 de abril. O evento resulta de uma coorganização da Câmara Municipal e do ICNF – Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas.

À porta dos percursos de natureza junto ao Esteiro de Salreu, no Centro de Interpretação Ambiental (CIA), o Presidente da Câmara Municipal de Estarreja, Diamantino Sabina, e o coordenador do projeto BioRia, Norberto Monteiro, apresentaram as linhas fortes do programa que promete atrair milhares de visitantes a Estarreja, não apenas os adeptos do birdwatching mas também a população em geral, tendo como atrativos palestras e workshops com a presença de especialistas de renome mundial, variadas atividades ao ar livre (passeios pedestres, moliceiro, bateira erveira, kayak, veículo elétrico e voo cativo de balão) e ateliês para crianças.

“Esta é a riqueza natural que temos e queremos claramente potenciar”, afirmou aos jornalistas Diamantino Sabina reforçando que “o BioRia é hoje uma referência nacional”. Com a realização da ObservaRia, “daremos um enfoque mais especial ao turismo de natureza e à observação de aves”. A presença de nomes célebres no panorama internacional constitui um reconhecimento do forte potencial de Estarreja e da região da Ria no turismo de natureza. “Estou certo que vai ser um certame de sucesso, que passará a ser uma referência nacional. Estamos determinados para que isso aconteça”, assegurou o autarca estarrejense.

“Não foi fácil reunir no mesmo evento Killian Mullarney, David Lindo e René Pop, mas conseguimos”, afirmou orgulhosamente Norberto Monteiro a quem coube apresentar as estrelas do birdwatching. Killian Mullarney um dos melhores ilustradores a nível mundial e autor do mais completo guia de aves da Europa. David Lindo, o “Urban Birder”, é um conceituado observador de aves do Reino Unido, apresentador de diversos programas sobre aves e de natureza, incluindo da BBC. René Pop é um dos mais completos fotógrafos de aves da atualidade, colaborador da revista Dutch Birding. Vêm a Estarreja nos dias 12 e 13 de abril para orientar palestras e workshops.


Atividades gratuitas para toda a família

Um programa tão diversificado só é possível graças ao conjunto de parcerias que o Município estabeleceu com a Birds & Nature Tours, a SPEA – Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves, a Universidade de Aveiro – Unidade de Vida Selvagem/ Departamento de Biologia e o Turismo do Centro de Portugal.

As atividades que decorrerão ao longo dos dois dias da ObservaRia serão gratuitas e vão acontecer no Multiusos, no Parque Municipal do Antuã e nos Percursos BioRia. A escolha do centro de Estarreja para acolher a feira tem o objetivo de “mostrar a toda a população o potencial do BioRia e do património natural do concelho”.

“Temos atividades para todos os gostos, em todos os horários, como passeios em balão de ar quente ou passeios em embarcações típicas da Ria”, adiantou o coordenador do BioRia, Norberto Monteiro, destacando “o regresso do moliceiro ao Esteiro de Estarreja”, num dos momentos mais simbólicos do evento no sentido de “marcar o nosso passado, transmitir que temos uma tradição muito forte associada à Ria. Não vamos voltar a apanhar moliço mas vamos aproveitar as embarcações para roteiros turísticos e observar aves”.

A feira encerrará “a observar a Ria. Escolhemos uma embarcação histórica, a lancha da Costa Nova, para um tour ao canal principal da Ria de Aveiro, com participação gratuita”.

Estarreja é um destino privilegiado pela excelência dos seus habitats que são autênticas maternidades para espécies protegidas, como por exemplo a Garça-vermelha. Na Europa não há melhor local do que Estarreja para observar esta espécie que começa agora a chegar aos campos do Baixo Vouga Lagunar. Segundo explicou o responsável pelo BioRia, “as primeiras garças-vermelhas já chegaram, a partir de agora chegam em maior número e reproduzem-se na mancha de caniçal. Os adultos partem nos meses de julho e agosto para o continente africano, os juvenis ficam a alimentar-se nos arrozais e a ganhar força e partem sozinhas”.

Durante todo o ano várias espécies de aves estão presentes nesta zona natural, um verdadeiro paraíso não apenas para as espécies, igualmente para quem as quer observar.

Norberto Monteiro conclui que “têm aqui um excelente local para visitar, observar aves, mas também mamíferos. Temos em Estarreja a maior concentração de lontras a nível europeu”. O BioRia disponibiliza 8 percursos pedestres e cicláveis numa rede de 50 kms, com proximidade às estações de caminho-de-ferro, permitindo um fim de semana sem automóveis.

Observar aves traz benefícios para a economia local

“Vamos levar os visitantes fidelizados do BioRia ao centro da cidade e contribuir para a economia local”, acrescentou Norberto Monteiro que recordou o número de visitantes contabilizados em 2013 e que rondou os 13 mil que passaram pelo CIA. Estima-se contudo que esse número seja bastante superior pois não inclui visitas espontâneas e efetuadas a outros percursos BioRia e que ronde os 20 mil visitantes por ano.

Estão conjugados todos os fatores para “criar o gosto pela observação de aves e abrir as portas da ria para a comunidade. O impacto na economia local far-se-á sentir, será uma das óbvias intenções”, referiu Diamantino Sabina.

http://local.pt/portugal/centro/estarreja-no-mapa-da-observacao-de-aves/
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 19674
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum