As minhas observações (estatísticas)

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Qui Abr 16, 2015 11:03 am

O e-bird dá para fazer umas estatísticas engraçadas com as observações.

A propósito de um outro tópico em que se falava das rapinas mais comuns, dei por mim a pensar "ok, Buteo é a espécie que vi mais vezes ao longo dos anos, mas qual será a percentagem de observações de Buteo face ao número total de observações de rapinas?"

Fui então à base de dados das minhas observações no e-bird para tentar encontrar a resposta.

O gráfico anexo apresenta o resultado, com a frequência relativa de observação, não apenas de Buteo buteo mas de todas as espécies de rapinas diurnas. Este gráfico diz respeito a todas as observações que já inseri no e-bird realizadas em território nacional.

Os resultados são algo imperfeitos porque:
- ainda não tenho a totalidade do meu histórico no e-bird, faltam-me nomeadamente muitas observações do Alto Alentejo, o que poderá aumentar um pouco a percentagem de certas espécies
- muitas observações feitas em viagem não são objecto de registo
- os dados referem-se ao número de observações e não ao número de indivíduos (por exemplo, um bando de 30 grifos conta como uma só observação).

Ainda assim, achei o resultado interessante e por isso resolvi partilhá-lo aqui.



Fiquei com vontade de fazer mais estatísticas deste tipo. Se mais alguém quiser fazer o mesmo tipo de análise e tiver vontade de partilhar os resultados, poderá usar este mesmo tópico para o efeito.
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por pedro121 em Qui Abr 16, 2015 12:54 pm

Humm, é giro, o meu gráfico seria algo diferente, principalmente porque Milvus seriam muito poucos e Açor/Gavião e Peregrino seriam mais.
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 9649
Idade : 41
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Qui Abr 16, 2015 1:43 pm

pedro121 escreveu:Humm, é giro, o meu gráfico seria algo diferente, principalmente porque Milvus seriam muito poucos e Açor/Gavião e Peregrino seriam mais.

Pois eu já pensei em repetir o exercício mas segmentando por regiões para ver o que sai.
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por João Tomás em Qui Abr 16, 2015 1:46 pm

Eu estou com o Pedro, também teria maior percentagem no açor e gavião! Mas muito interessante este exercício Gonçalo Smile
avatar
João Tomás

Número de Mensagens : 2307
Idade : 27
Local : Batalha
Data de inscrição : 26/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Qui Abr 16, 2015 2:24 pm

Aqui fica o mesmo exercício mas agora considerando apenas a região norte (os cinco distritos a norte do Douro).

Buteo buteo continua em primeiro mas Falco tinnunculus caiu para sexto! Entretanto o Neophron aparece em segundo lugar e o Gyps fulvus em quinto, isto reflecte o facto de a maioria das minhas observações no norte serem no distrito de Bragança. Merece também realce o terceiro lugar de Circus pygargus!

avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Qui Abr 16, 2015 3:18 pm

O mesmo exercício, agora para a região Algarve.

O Buteo buteo cai para o terceiro lugar... com o Fal tin em primeiro e o Cir aer em segundo. Uma grande diferença relativamente ao norte, e mesmo em relação ao total nacional.

Claro que se eu passasse muito tempo nas campanhas de Sagres o resultado seria outro Very Happy

avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Ter Abr 21, 2015 11:01 am

E agora as observações de corvídeos.

Tal como no caso das rapinas, os resultados reflectem sobretudo a distribuição geográfica das regiões visitadas, não podem ser considerados representativos de nenhuma realidade nacional, nem devem ser feitas extrapolações a partir daqui.

avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Seg Maio 11, 2015 10:26 am

As minhas observações de rapinas nocturnas

avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Ter Maio 12, 2015 6:38 am

A citação que se segue foi inicialmente colocada em Novembro de 2014 no tópico do e-bird, mas com a recente criação deste novo tópico faz mais sentido desenvolver o assunto aqui:

Gonçalo Elias escreveu:Estive a passar em revista os dados que já inseri no e-bird e lembrei-me de ver qual é a espécie que tenho registada mais vezes em cada distrito (isto é, em mais listas). Os resultados parecem-me interessantes e embora sejam em grande parte o reflexo do elenco de locais visitados e das datas em que as visitas foram feitas, evidenciam bem as diferenças entre as várias regiões do país.

Espécies registadas mais vezes, por distrito:
Viana do Castelo - P. domesticus, M. alba, T. merula
Braga - E. rubecula
Vila Real - F. coelebs
Bragança - S. serinus, S. cantillans, T. troglodytes
Aveiro - A. platyrhynchos, P. domesticus, M. alba, E. rubecula
Coimbra - A. platyrhynchos, P. ochruros
Leiria - L. ridibundus
Viseu - T. merula
Guarda - F. coelebs
Castelo Branco - S. serinus
Santarém - S. melanocephala, S. serinus, C. carduelis
Lisboa - C. carduelis
Setúbal - S. melanocephala
Évora - C. juncidis, C. carduelis
Beja - A. platyrhynchos, M. alba
Faro - S. melanocephala

Porto + Portalegre - (dados insuficientes)

Global - P. domesticus

É curioso notar que embora o P. domesticus seja a espécie que registei mais vezes no conjunto do país, ele apenas aparece como espécie mais registada em dois distritos. Por outras palavras, na maioria dos distritos há espécies que aparecem mais que o P. domesticus, no entanto elas são pouco comuns noutras regiões, o que faz com que não fiquem em primeiro no ranking global.

Gonçalo Elias escreveu:Em complemento ao inventário anterior, posso agora acrescentar isto:

Portalegre - S. unicolor

É interessante assinalar que esta espécie não surgiu em primeiro em nenhum dos outros distritos.

Nos últimos meses inseri muitos dados (principalmente registos antigos) e isso causou várias alterações na lista das espécies mais registadas por distrito.


  • Beja - Os novos líderes são C. ciconia e E. calandra (em vez de A. platyrhynchos e M. alba) - esta foi a alteração mais importante e tem a ver com o facto de haver mais dados de Primavera (os dados inseridos anteriormente eram sobretudo de Inverno).
  • Lisboa - C. carduelis deixou de liderar isolado, agora partilha o primeiro lugar com C. juncidis
  • Santarém - S. serinus passou a ser o líder destacado
  • Bragança - S. cantillans ocupa agora sozinha o 1º lugar
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Dom Maio 24, 2015 9:45 am

As minhas observações de Sylvias

avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Dom Jun 07, 2015 7:08 am

As minhas observações de andorinhas

avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Tissot em Dom Jun 07, 2015 8:47 am

A percentagem de Cecropis daurica reflecte maioritariamente observações deste ano? É que me parece que 2015 é o ano das dauricas. Não há praticamente uma saída de campo este ano que não veja esta espécie, e pela primeira vez veio nidificar numa varanda onde vivo em Alfragide!!!
avatar
Tissot

Número de Mensagens : 908
Idade : 44
Local : Amadora-Alfragide
Data de inscrição : 06/04/2009

http://www.flickr.com/photos/matthiastissot/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Dom Jun 07, 2015 9:03 am

Tissot escreveu:A percentagem de Cecropis daurica reflecte maioritariamente observações deste ano? É que me parece que 2015 é o ano das dauricas. Não há praticamente uma saída de campo este ano que não veja esta espécie, e pela primeira vez veio nidificar numa varanda onde vivo em Alfragide!!!

É engraçado perguntares isso porque quando olhei para este gráfico pensei imediatamente "aposto que a percentagem de dáuricas tem aumentado em anos recentes".

Vou tentar determinar a evolução desta percentagem ao longo do tempo, de qualquer forma e em resposta à tua questão posso dizer-te que das 394 observações de dáurica que já inseri no e-bird apenas 49 (ou seja 12%) são deste ano. E ainda me falta inserir algumas informações históricas, principalmente do Alto Alentejo, onde a espécie é frequente, o que fará diminuir a percentagem de observações deste ano no total global (conto ter a informação histórica totalmente inserida até ao final de Junho).
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Sex Jun 12, 2015 12:02 pm

À medida que vou inserindo informação histórica, o panorama vai-se alterando ligeiramente.

Em Abril quando partilhei pela primeira vez o gráfico, a distribuição das observações pelas várias espécies de rapinas era esta:



Entretanto já carreguei muito mais informação, principalmente do Alentejo e da Beira Interior. Embora as percentagens globais não tenham variado muito, nota-se um aumento do peso das observações de C. gallicus, M. migrans e A. pennata e uma diminuição do peso das de Cir aer. A situação actual é esta:

avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Sex Jun 12, 2015 12:35 pm

E agora as observações de rapinas na Beira Interior (distritos de Castelo Branco, Guarda e Viseu).

Por comparação com o total nacional, merece destaque o Milvus migrans , que pula para o segundo lugar (estando mesmo em primeiro no distrito de Castelo Branco!), ao passo que a A. pennata sobe para terceiro e o F. tinnunculus cai de segundo para quarto. Quanto ao Circus aeruginosus, esse quase desaparece do mapa e está ali misturado com as "outras".

De assinalar também o aparecimento de Falco subbuteo, que nesta região figura no top ten.

avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Sab Jun 13, 2015 7:58 am

As observações de patos:

avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por pedro121 em Sab Jun 13, 2015 8:02 am

Humm, as minhas seriam substancialmente diferentes, com Frisada a ter uma percentagem bastante menor, e Pato-preto a ter uma % significativa.
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 9649
Idade : 41
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Sab Jun 13, 2015 8:11 am

pedro121 escreveu:Humm, as minhas seriam substancialmente diferentes, com Frisada a ter uma percentagem bastante menor, e Pato-preto a ter uma  % significativa.  

Pois eu quando fiz este gráfico lembrei-me logo que as tuas % seriam bastante diferentes.

No meu caso a elevada % de pato-real tem a ver principalmente com o facto de eu ter feito muitas horas de trabalho de atlas no interior do território, onde há muitas ribeiras e pequenos açudes nas quais o pato-real é muitas vezes única espécie presente.
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Sab Jun 13, 2015 8:13 am

E agora de volta à questão que o Matthias colocou na semana passada acerca das dauricas.

Dividi o meu histórico em dois períodos: um até 1999 e outro de 2000 em diante. O resultado foi este.

A parte impressionante é que até 1999 as observações de dauricas eram metade das de delichon e nos anos mais recentes são praticamente em número igual.

avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por pedro121 em Sab Jun 13, 2015 8:22 am

Gonçalo Elias escreveu:
Pois eu quando fiz este gráfico lembrei-me logo que as tuas % seriam bastante diferentes.

Sim, principalmente porque as frisadas são bastante escassas aqui, mesmo no inverno, só as vejo fora do distrito, o que faz com que sejam mesmo poucas observações, tu considerastes também gansos?
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 9649
Idade : 41
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Sab Jun 13, 2015 8:27 am

pedro121 escreveu:
Gonçalo Elias escreveu:
Pois eu quando fiz este gráfico lembrei-me logo que as tuas % seriam bastante diferentes.

Sim, principalmente porque as frisadas são bastante escassas aqui, mesmo no inverno, só as vejo fora do distrito, o que faz com que sejam mesmo poucas observações, tu considerastes também gansos?

Não considerei gansos mas como não tenho assim tantas observações o resultado não seria muito diferente (o ganso não entra no top 10)
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Sab Jun 13, 2015 8:31 am

Se tiveres interesse de calcular as tuas estatísticas para alguns grupos, estes gráficos são muito fáceis de fazer, em menos de 5 minutos fazes um. Escolhendo um grupo de espécies, basta proceder do seguinte modo:

1 - Vais ao "meu e-bird", clicas na lista total e depois clicas em cada espécie para ver o número total de registos
2 - No Excel crias uma tabela com duas colunas: na primeira coluna o nome da espécie e na segunda coluna o número total de observações
3 - Seleccionas as células todas que preencheste, fazes insert chart... e já está!

avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por pedro121 em Sab Jun 13, 2015 9:15 am

Pois, era o que eu pensava, as grandes diferenças são os patos-pretos que no meu caso são 10% e as frisadas que são apenas 4%, e a percentagem de outros é também muito maior, com 11%
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 9649
Idade : 41
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Qui Jun 25, 2015 9:23 am

Observações de andorinhões (no caso deste grupo de aves, a proporção varia fortemente com a região do país, estes valores são impensáveis para quem more no litoral norte, por exemplo).

avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Gonçalo Elias em Sex Jun 26, 2015 8:28 am

As minhas observações de exóticas



Idem, sem os bicos-de-lacre:


avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17378
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As minhas observações (estatísticas)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum