Para onde vão os serinus todos durante o Verão?

Ir em baixo

Para onde vão os serinus todos durante o Verão?

Mensagem por Gonçalo Elias em Dom Jan 03, 2016 11:46 am

Desde que comecei a ver aves no Algarve (no final dos anos 80), e mais concretamente na zona da ria de Alvor, que tomei conhecimento de um fenómeno muito estranho que acontece na região: durante os meses de Verão, os fringilídeos (e muito especialmente os Serinus) desaparecem quase por completo dessa zona. Ninguém sabe para onde vão mas as observações durante esse período são quase inexistentes.

Nos anos seguintes, quando comecei a compilar observações dos estuários do Tejo e do Sado, reparei que nessas regiões acontece o mesmo: quase não há observações de Serinus durante o período estival.


Entretanto lembrei-me de analisar os dados do e-bird para ver qual é o padrão que resulta dos dados já acumulados.

Para a totalidade do território nacional o perfil de frequências é este (durante o Verão, particularmente em Agosto e Setembro) a frequência cai para o intervalo de 10 a 15%.




No Algarve a queda é ainda mais expressiva:entre Julho e Setembro a frequência de ocorrência da espécie cai para valores entre 5 e 10%!




No distrito de Santarém acontece o mesmo, com um fundo muito pronunciado na segunda semana de Setembro (menos de 5%).




Em Aveiro cai para menos de 3% de frequência em Agosto e mantém-se abaixo dos 10% durante a maior parte de Setembro.




No resto do país a situação é semelhante (embora nalguns distritos o volume de dados seja insuficiente para poder determinar um padrão tão claro).

A questão que se levanta é esta: para onde irão eles? Porque é que quase não há observações de Serinus nos meses de Verão?
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20025
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde vão os serinus todos durante o Verão?

Mensagem por João Tomás em Dom Jan 03, 2016 2:05 pm

Ora um tópico bastante interessante Smile estive a ver os locais que visito com regularidade e o que noto é o mesmo, excetuando aqui o Hotspot da UTAD. Ora pelo gráfico de totais, os meses de Agosto e Setembro são dos mais fortes no que respeita à observação do Serinus serinus, só ficando atrás de Dezembro e finais de Fevereiro (estes provavelmente coincidirão com a presença dos indivíduos vindos do norte da Europa). Recordo-me de que esse elevado número nos meses de Verão deve-se à presença de um grande bando na vinha que está inserida no Hotspot. Este dois meses serão provavelmente o meses em que os casais e famílias se reúnem em grandes bandos, ou para migrar para sul ou para fazer pequenos movimentos migratórios para regiões/habitats em que haja mais abundância de alimento durante o Inverno (não obrigatoriamente para sul). Serão as vinhas a resposta para este desaparecimento momentaneo? Smile

avatar
João Tomás

Número de Mensagens : 3360
Idade : 28
Local : Batalha
Data de inscrição : 26/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde vão os serinus todos durante o Verão?

Mensagem por Gonçalo Elias em Dom Jan 03, 2016 2:10 pm

João Tomás escreveu:estive a ver os locais que visito com regularidade e o que noto é o mesmo, excetuando aqui o Hotspot da UTAD. Ora pelo gráfico de totais, os meses de Agosto e Setembro são dos mais fortes no que respeita à observação do Serinus serinus, só ficando atrás de Dezembro e finais de Fevereiro (estes provavelmente coincidirão com a presença dos indivíduos vindos do norte da Europa).

Nota que o número de visitas no local é muito pequeno e há várias semanas ao longo do ano sem uma única visita, em que a frequência cai para zero não por ausência da espécie mas por ausência de visitas. Creio que este tipo de análise não permite conclusões muito seguras se o número de dados não for elevado.

João Tomás escreveu:Recordo-me de que esse elevado número nos meses de Verão deve-se à presença de um grande bando na vinha que está inserida no Hotspot. Este dois meses serão provavelmente o meses em que os casais e famílias se reúnem em grandes bandos, ou para migrar para sul ou para fazer pequenos movimentos migratórios para regiões/habitats em que haja mais abundância de alimento durante o Inverno (não obrigatoriamente para sul). Serão as vinhas a resposta para este desaparecimento momentaneo? Smile

No que se refere à frequência, a dimensão dos bandos não é relevante. Um indivíduo conta tanto como um bando de 200  Smile
No entanto também vale a pena veres o separador da abundância.
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20025
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde vão os serinus todos durante o Verão?

Mensagem por pedro121 em Dom Jan 03, 2016 2:14 pm

Provavelmente a frequência diminui quando os machos deixam de cantar.
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 11537
Idade : 43
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde vão os serinus todos durante o Verão?

Mensagem por pedro121 em Dom Jan 03, 2016 2:23 pm

Gonçalo, se vires os valores das contagens medias, as aves continuam cá, ou seja quando são encontradas as contagens não indicam quebra, a media mantém-se
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 11537
Idade : 43
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde vão os serinus todos durante o Verão?

Mensagem por João Tomás em Dom Jan 03, 2016 2:28 pm

Gonçalo Elias escreveu:Nota que o número de visitas no local é muito pequeno e há várias semanas ao longo do ano sem uma única visita, em que a frequência cai para zero não por ausência da espécie mas por ausência de visitas. Creio que este tipo de análise não fica bem feita se o número de dados não for elevado.

Pois, percebo o que dizes.

Gonçalo Elias escreveu:No que se refere à frequência, a dimensão dos bandos não é relevante. Um indivíduo conta tanto como um bando de 200 Smile

Não coloquei o gráfico de abundâncias porque esse é que não tem grande informação.

Neste meses de verão poderão ocorrer movimentos da espécie para determinadas zonas/habitats (como por exemplo as vinhas), no sentido das aves se reunirem em bandos para depois migrarem ou fazerem apenas pequenos movimentos migratórios.
Talvez por haver uma baixa cobertura dessas zonas/habitas por parte da comunidade de observadores, pode dar a sensação de que a espécie pura e simplesmente desaparece de todo o território. O que penso não suceder Razz
avatar
João Tomás

Número de Mensagens : 3360
Idade : 28
Local : Batalha
Data de inscrição : 26/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde vão os serinus todos durante o Verão?

Mensagem por Gonçalo Elias em Dom Jan 03, 2016 2:29 pm

pedro121 escreveu:Provavelmente a frequência diminui quando os machos deixam de cantar.

Quase todas as espécies de passeriformes deixam de cantar no Verão, por isso há uma quebra generalizada da detectabilidade neste grupo, logo uma quebra de frequência.
No entanto, nas outras espécies de passeriformes a frequência não desce para valores tão baixos como nos Serinus.

Os Serinus não são espécies de hábitos secretivos e não são especialmente difíceis de detectar, mesmo quando não cantam. As Sylvias ou as carriças, por exemplo, são muito mais secretivas e no entanto essas espécies têm quebras menos acentuadas da frequência.

No caso dos Serinus não se trata apenas de deixarem de ser vistos, eles quase deixam de ocorrer durante o Verão, aliás isso é suportado por dados de anilhagem: no caso da ria de Alvor, que foi onde primeiro tive conhecimento deste fenómeno, quase não há capturas nesses meses, mas a espécie ocorre em números razoáveis durante o resto do ano.
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20025
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde vão os serinus todos durante o Verão?

Mensagem por Gonçalo Elias em Dom Jan 03, 2016 2:30 pm

João Tomás escreveu:
Neste meses de verão poderão ocorrer movimentos da espécie para determinadas zonas/habitats (como por exemplo as vinhas), no sentido das aves se reunirem em bandos para depois migrarem ou fazerem apenas pequenos movimentos migratórios.
Talvez por haver uma baixa cobertura dessas zonas/habitas por parte da comunidade de observadores, pode dar a sensação de que a espécie pura e simplesmente desaparece de todo o território. O que penso não suceder Razz

De acordo, eu também não sugeri que eles desaparecem de todo o território. Simplesmente desaparecem de um grande número de locais, que (coincidentemente ou talvez não) são os locais mais visitados.

Para onde eles vão não sei, mas isso eu gostava de saber Smile
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20025
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde vão os serinus todos durante o Verão?

Mensagem por Paulo Lemos em Dom Jan 03, 2016 9:55 pm

Eu vi eu vi!  bounce

O que me ocorre é uma combinação de factores e a probabilidade relativa de se observar um bando nessa época (indivíduos menos dispersos). Por vários motivos, probabilidades e observações, parece-me que o gregarismo surge bastante mais intenso no verão depois época de reprodução, até numa necessidade maior do que no Inverno, pois há jovens inexperientes que precisam (de facto) de se agrupar defensivamente e aprender a encontrar alimento preferencialmente em bandos (há publicações que referem maior ou menor destreza individual e a importância dos mais experientes no processo) e também devido ao período de muda que coincide + ou - com o fim da época cria, estendendo-se até mais tarde nos imaturos. Por motivos óbvios, a muda leva a recatar eventuais aves que por algum motivo não tendem tanto (ou ainda) a juntar-se.
Esta espécie nidifica por Agosto dentro e por isso há de tudo observável (comportamentos) sempre até Setembro pelo menos, especialmente em zonas humanizadas.

Pode ajudar, uma comparação relativa com uma das nossas espécies mais interessantes em termos comportamentais: o Passer domesticus.
Em Ago e Set, há-os a criar, há outros já não criadores mas absolutamente sedentários aos seus velhos territórios (todo o ano), há pequenos bandos difíceis de interpretar quanto a relativo sedentarismo mas que dormem no seu território (talvez alguns indivíduos sedentários se mostrem mais juntos nos movimentos mas apenas em espaço restrito no fim da época de cria, para se alimentarem em segurança), e há os grandes ajuntamentos que já no Verão se observam em pleno, ou no seu auge, aos milhares por vezes. Observe-se ao fim da tarde, por largos quilómetros e habitats e até regiões (fluxo de mais de 15km), os movimentos convergentes até aos locais de pernoita. Esses "bandos" incluem bastantes imaturos e provavelmente são maiores no verão... não porque a predação não dizimou ainda boa parte das populações, mas porque o instinto gregário é mais forte? Poderá haver publicações sobre o pardal, que expliquem melhor e mais exactamente o que se passa.

No verão, e mais no Verão do que noutra altura, vejo pelo menos 3 espécies em bandos mais homogéneos (pintarroxo, pintassilgo e chamariz) e mais coesos em voo, sendo mais raras as misturas (o que mostra maior ou verdadeiro impulso gregário, intraespecífico, nessa altura?). Outra particularidade, é que são muito silenciosos. Até os de pintassilgo, que voam do chão para o alto das árvores sem muita algazarra, e só às vezes se manifestam concentrados numa área, em grupos isolados de árvores se se sentem mais seguros, a descansar, cuidar da plumagem, etc.
É raro ver-se grandes bandos 100% homogéneos de pintassilgo senão nesta época, nas imediações das Caldas da Rainha, e não muito longe de locais de cria e portanto não faz sentido dizer que vieram de muito longe. Ou então não se vêem de todo, porque o bando devem andar numa zona não detectada ou nem levantou do chão.
O mesmo provavelmente para o chamariz, até ao Outono que, como se sabe, começa a "mexer" novamente com as hormonas de muitos passeriformes e o gregarismo (movimentos em voo especialmente) parece-me um pouco mais solto e misto.

"Agosto/Setembro" é sempre aquela "época esquisita" para os passeriformes, sejam eles migradores ou não. Nas espécies gregárias, julgo que os imaturos têm muito a ver com o comportamento gregário observado (não que os juvenis influam directamente nele, in loco, mas em termos evolutivos).
avatar
Paulo Lemos

Número de Mensagens : 1656
Local : Caldas da Rainha
Data de inscrição : 29/01/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde vão os serinus todos durante o Verão?

Mensagem por Paulo Lemos em Seg Jan 04, 2016 3:20 am

Outro pormenor é a alimentação, comparativamente ao pintassilgo e pintarroxo por exemplo. Parece-me que o chamariz prefere pequenas sementes mais verdes ou de plantas que crescem em zonas menos secas, o que pode influenciar e localizar (mas também pelas razões anteriores) os bandos no espaço, especialmente no Sul.
avatar
Paulo Lemos

Número de Mensagens : 1656
Local : Caldas da Rainha
Data de inscrição : 29/01/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde vão os serinus todos durante o Verão?

Mensagem por daniel.sobral em Qui Jan 21, 2016 4:54 pm

Ora viva, fiquei curioso por este tópico e fui analisar os dados do ebird.

Eles fornecem os dados completos até ao final de 2014 (dentro de algum tempo devem divulgar com 2015).

Existe claramente um bias geral de registos nas grandes cidades (nomeadamente Lisboa) assim como alguns pontos de interesse natural.

Mesmo (ou sobretudo) tendo isto em conta pode-se observar já um padrão espacial dos Serinus:
http://conteudos.grupoflamingo.org/lusitaves/serinus_plots.html

PS:
Inverno neste caso é Dezembro e Janeiro
Verão é Junho e Julho
avatar
daniel.sobral

Número de Mensagens : 173
Idade : 38
Local : Almada
Data de inscrição : 24/06/2007

http://www.grupoflamingo.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Para onde vão os serinus todos durante o Verão?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum