Pedido de ajuda para identificar pássaro em Lisboa (cidade)

Ir em baixo

Pedido de ajuda para identificar pássaro em Lisboa (cidade)

Mensagem por RAlmeida em Ter Mar 01, 2016 8:52 pm

Olá!
Venho a este fórum pedir a vossa ajuda em identificar um pássaro que observo na minha rua, em Lisboa, mais especificamente num recanto de Alfama.
Não faço a mais pequena ideia de que pássaro possa ser! Nascida e criada em Lisboa, só conheço pardais e pombos. De há uns anos para cá, porque este recanto se tornou mais pacato, começaram a aparecer melros que antes só tinha visto em jardins da cidade. Da mesma forma, agora existe uma pequena árvore de folhas largas, onde os passarinhos mais esquivos pousam mais à vontade.
Comecei a notar a visita de uns passarinhos diferentes há uma meia dúzia de anos. A princípio pensei que eram pardais mas depressa percebi que não eram. A minha mãe chama-lhes tentilhões mas pelas fotos que tenho visto não me parecem tentilhões (não existe plumagem colorida). Vou tentar descrever esta espécie o melhor possível na esperança de que alguém consiga satisfazer-me esta curiosidade que já me intriga há algum tempo.
É um passarinho pequeno, do tamanho do pardal e coloração igualmente semelhante (cinzento acastanhado). Ao longe, parecem pardais. Só ao perto, quando os observo do lado de dentro da janela (são muito mais fugidios do que os pardais), se conseguem distinguir as diferenças e se percebe claramente que não são pardais.
Têm a parte de cima da cabeça preta (só a parte de cima, como um "capachinho"), e embora sejam do mesmo tamanho de um pardal o rabo parece-me um bocadinho mais comprido, fino e direito. O bico também me parece mais pequeno.
Estes passarinhos cantam, e muito. Foi assim que percebi que não podiam ser pardais. Nos meses mais frios, do Outono à Primavera, desaparecem, pelo que depreendo que migram. Este ano, que tem sido mais quente, já regressaram alguns nos finais de Janeiro/princípios de Fevereiro. Quando chegam em força, na Primavera, juntam-se em grandes bandos, a meio da manhã, ao sol, nas antenas de televisão, e cantam ruidosamente durante horas, possivelmente num ritual de acasalamento?...
Estes passarinhos fazem a vocalização "tchuc tchuc" igualzinha à do melro. Muitas vezes fui espreitar à janela à procura do melro, sem o ver em lado nenhum, até me aperceber de que o "tchuc tchuc" vinha do passarinho pousado na árvore.
Não vou tentar tirar uma fotografia porque não tenho objectiva para os focar à distância e pareceriam pardais comuns.  
Alguém me pode esclarecer que passarinhos serão estes? Obrigada.


PS: Para entrar no Fórum precisei de usar o Google Chrome. O fórum não gosta do Mozilla Firefox? Eu, por outro lado, gosto muito do Firefox. Perdi alguns minutos a pensar qual seria o problema porque não conseguia entrar. Achei bem avisar caso interesse a novos membros.

RAlmeida

Número de Mensagens : 3
Local : Lisboa
Data de inscrição : 28/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda para identificar pássaro em Lisboa (cidade)

Mensagem por Ricardo Saldanha em Qua Mar 02, 2016 2:48 am

Quando diz "cinzento acastanhado" e "Têm a parte de cima da cabeça preta (só a parte de cima, como um "capachinho")," corresponde a uma toutinegra-de-barrete-preto macho (a fémea tem "capachinho" castanho claro). Neste link pode ver fotos de machos e fémeas e o canto http://www.avesdeportugal.info/sylatr.html

Nunca vi toutinegras-de-barrete-preto a formarem grandes bandos, portanto pode ser outro pássaro.


Ricardo Saldanha

Número de Mensagens : 4
Data de inscrição : 06/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda para identificar pássaro em Lisboa (cidade)

Mensagem por PNicolau em Qua Mar 02, 2016 3:13 am

Bem, há aqui duas espécies envolvidas. Os estorninhos-pretos que cantam muito, juntam-se em bandos e enpoleiram-se nas antenas parabólicas.
E, possivelmente na árvore, a toutinegra-de-barrete.
avatar
PNicolau

Número de Mensagens : 5576
Idade : 24
Local : Lisboa
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda para identificar pássaro em Lisboa (cidade)

Mensagem por RAlmeida em Ter Mar 08, 2016 8:48 pm

Obrigada pelas respostas.

Fui consultar as espécies de que falam, aqui no site e na net.
Não é um estorninho, nem nada parecido com o melro. É muito possível que seja mesmo uma toutinegra-de-barrete-preto! O vídeo foi muito útil, permitiu-me avaliar o tamanho do passarinho e o canto e as vocalizações. Acho que é mesmo isto!
Estava a referir-me a antenas de televisão tradicionais, não parabólicas. Quanto ao "grande bando", embora não seja especialista em estimativas a olhómetro, estou a  falar entre 20 a 50 passarinhos pousados nas antenas e a cantar ao mesmo tempo. (Comparado com o comportamento do pardal, que sai "em família" em grupos mais pequenos, é um grande bando.) Tenho tentado observar melhor, nomeadamente o barrete dos machos e das fêmeas, mas nos últimos dias o tempo tem estado mau e não tenho ouvido muita actividade. Elas ainda não chegaram em força, talvez mais para a Primavera. Posso tentar ver se o meu telemóvel dá para apanhar o bando quando estiverem a cantar nas antenas.
Daquilo que sabem, é comum a toutinegra-de-barrete-preto aparecer na cidade, ou isto é uma tendência recente?
Obrigada.

RAlmeida

Número de Mensagens : 3
Local : Lisboa
Data de inscrição : 28/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda para identificar pássaro em Lisboa (cidade)

Mensagem por Gonçalo Elias em Qua Mar 09, 2016 1:27 am

RAlmeida escreveu:
Daquilo que sabem, é comum a toutinegra-de-barrete-preto aparecer na cidade, ou isto é uma tendência recente?
Obrigada.

É muito comum em parques e jardins com árvores frondosas. Vejo-as nestes locais desde que observo aves (década de 1980).
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 20025
Idade : 50
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda para identificar pássaro em Lisboa (cidade)

Mensagem por Paulfer em Qua Mar 09, 2016 2:27 am

Mas está aqui algo estranho, que são os bandos. A atricapilla não forma bandos e raramente se mostra a cantar Smile . De certeza que são todas iguais? Eu ia para mesmo tentilhão. Nota que as fêmeas são diferentes dos machos
avatar
Paulfer

Número de Mensagens : 940
Idade : 35
Local : Mealhada
Data de inscrição : 17/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda para identificar pássaro em Lisboa (cidade)

Mensagem por RAlmeida em Dom Mar 13, 2016 1:34 am

Gonçalo Elias escreveu:
É muito comum em parques e jardins com árvores frondosas. Vejo-as nestes locais desde que observo aves (década de 1980).

Sim, pensando bem, desde miúda que me lembro de aparecer de vez em quando um destes passarinhos a que a minha mãe sempre chamou “tentilhões”. Mas era muito raro, mesmo muito raro! O que me tem chamado a atenção nestes anos recentes é que agora são “residentes” como não eram dantes.
Isto tem explicações. A parte velha da cidade está muito desertificada. Actualmente, com a moda dos hostels, começa a haver gente outra vez, mas são turistas, o que é uma dinâmica muito diferente. Assim, o recanto ficou cada vez mais pacato e tornaram-se frequentes os melros e estes passarinhos de que falo. Outra consequência da desertificação é que também já não há bandos de gatos vadios, porque já não há quem os alimente na rua. A falta de pessoas e de predadores propicia a presença de aves mais esquivas que dantes se ficavam pelos jardins, mais protegidas nas árvores.
Os melros, por exemplo, tenho notado que cada vez estão mais descarados. Agora já nem se dão ao trabalho de levantar voo quando passamos, apenas se afastam para o lado.  Cool

Paulfer escreveu:Mas está aqui algo estranho, que são os bandos. A atricapilla não forma bandos e raramente se mostra a cantar Smile . De certeza que são todas iguais? Eu ia para mesmo tentilhão. Nota que as fêmeas são diferentes dos machos

Não percebo muito bem o que me está a perguntar com “De certeza que são todas iguais?”. Se há mais espécies de pássaros na rua que se possam confundir com pardais? Não. É só esta espécie. Nenhum dos outros pássaros se assemelha minimamente aos pardais a ponto de se poder confundir.
Quanto aos tentilhões, como a minha mãe lhes chamava, foi logo o primeiro pássaro que fui pesquisar quando isto me começou a intrigar. Mas o que vi aqui, por exemplo,
pt.wikipedia.org/wiki/Tentilhão
fez-me questionar. Esta espécie de que falo não tem cores azuis ou alaranjadas como na fotografia do macho. A primeira coisa em que reparei, a que chamei “capachinho”, é o tal barrete preto que, aprendi aqui, é dos machos. Chamou-me a atenção porque achei que eram “pardais” muito esquisitos. Os pardais machos têm o tal babete preto no peito, mas isto é diferente. E quando prestei mais atenção, e comecei a notar que eram estes passarinhos que cantavam, percebi que eram mesmo outra espécie e que se tornou uma espécie muito frequente aqui no recanto.
Ainda não os observei o suficiente para conseguir distinguir os machos das fêmeas. As fêmeas, pelas fotos, ainda são mais parecidas com o pardal. Os machos, com o barrete preto, dão mais nas vistas. Mas vou prestar mais atenção agora que sei do que estou à procura.
Quanto aos bandos, tenho uma teoria/hipótese:
Uma vez que não as vejo nos meses de Outono/Inverno, depreendo que migram. Quando regressam, na Primavera, que é quando as vejo em bando nas antenas, não estarão a definir território e/ou a atrair as fêmeas para o acasalamento? Depois, dispersam-se “em família”. Na verdade, só as vejo em bandos a cantar durante essa época específica. Este ano, por exemplo, ainda não as vi fazer isso. Mas quando fazem ouve-se bem e chama a atenção!
A única coisa que acho estranha é nunca ter ouvido falar de toutinegras em Lisboa. Até há fados sobre “bandos de pardais à solta” e gaivotas, mas não reconheço referências culturais marcantes relativas à toutinegra em Lisboa. Agora que pesquisei, encontrei isto no site da Câmara www.cm-lisboa.pt/viver/ambiente/parque-florestal-de-monsanto/fauna-e-flora:
São as mais comuns e as que existem em maior número. Não é preciso estar muito atento para as poder observar a todo o momento nos seus vôos sobre o Parque Florestal de Monsanto. Atualmente, existem várias espécies de aves residentes, que aumentam significativamente no início da primavera e outono.
As mais comuns são o Chapim-preto (Parus ater), a Toutinegra-de-barrete-preto (Sylvia atricapilla), o Melro (Turdus merula), o Verdilhão-comum (Carduelis chloris) e o Chamariz (Serinus serinus).
Assim já não é tão estranho. Se elas existem em Monsanto, facilmente se podem estender a partes da cidade desertificadas onde, outrora, havia pregões e peixeiras e bandos de miúdos a correr na rua (mas já não há).

Mais uma vez, muito obrigada. Tem sido muito interessante descobrir isto tudo.

RAlmeida

Número de Mensagens : 3
Local : Lisboa
Data de inscrição : 28/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedido de ajuda para identificar pássaro em Lisboa (cidade)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum