Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Página 7 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por Gonçalo Elias em Ter Mar 14, 2017 10:06 am

Semana de 13 a 19 de Março - pilritos

Ordem Charadriiformes
pilrito-das-praias
pilrito-semipalmado
pilrito-pequeno
pilrito de Temminck
pilrito-de-uropígio-branco
pilrito-de-bico-fino
pilrito-de-colete
pilrito-acuminadopilrito-de-bico-comprido
pilrito-escuro
pilrito-comum
pilrito-de-perna-longa
pilrito-de-bico-grosso
pilrito-canela

Total de páginas desta semana = 14
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17630
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por pedro121 em Ter Mar 14, 2017 1:30 pm

Charadrius dubius: actualmente é um invernante escasso, considera-lo apenas um estival com registos ocasionais no inverno, é ainda adequado?

No onde observar: no litoral centro ele nidifica na albufeira de são domingos com vários casais, alias há casais a nidificar em vários sítios nos concelhos de Peniche e Obidos


Charadrius morinellus: regular em pequenos números no litoral centro em Peniche no sol vilage II

Pluvialis apricaria: litoral centro, pode ser vista em maiores números e mais facilmente em Peniche no SVII e nos campos da Etar da atouguia do que na Lagoa de Obidos

Vanellus vanellus: litoral centro, pode ser visto em maiores números e mais facilmente em Peniche no SVII e nos campos da Etar da atouguia do que na Lagoa de Obidos
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 9837
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por Rui Figueiredo em Qua Mar 15, 2017 6:00 am

Contributo desta semana!
Pilrito das praias
Substituir “límicola” por “limícola” na primeira frase da descrição
Alula ou Álula?
Substituir “límicola” por “limícola” na última frase da parte da Identificação a seguir a “Trata-se de uma”
Substituir “límicola” por “limícola” na primeira frase da Abundância e calendário

Pilrito semipalmado
Colocar foto?

Pilrito pequeno
Nada a apontar

Pilrito de Temminck
Retirar o segundo “é” na primeira frase do Abundância e calendário ficando somente “sendo o número de registos existentes bastante escasso”

Pilrito de uropígio branco
Nada a apontar

Pilrito de bico fino
Substituir “primarias” por “primárias” na primeira frase da identificação
Colocar foto?

Pilrito de colete
Substituir “America” por “América” na primeira frase da descrição
Falta o link para os spots nas seguintes observações
2008-2 e 3-Out, salgados do Fialho (Faro), juvenil, J. Tavares (Anuário 7)
2014, 13-Mai, ETAR Faro Nascente, 1 ind., por J. Tavares e T. Ventura
2014, 06 a 24-Out, ETAR Faro nascente, 1 juv., por G. Schreier
2016, 14-Set, Salgados do Fialho, 1 ind., por T. Valkenburg e outros

Pilrito acuminado
Colocar mapa da observação homologada
Colocar foto?

Pilrito de Bico comprido
Não fará sentido colocar referências para as outras regiões costeiras? No Litoral Centro e no Entre Douro e Minho há bastantes registos (Peniche, Lagoa de Óbidos, Estuário do Mondego, do Douro, do Cávado, Ria de Aveiro, etc)
Colocar link para o sapal de Castro Marim no Onde observar no Algarve e retirar a segunda referência ao mesmo Sapal no seguimento da frase.

Pilrito escuro
Colocar links para seixoeira e rola do mar na parte da identificação e abundância e calendário respetivamente

Pilrito comum
Substituir “constrata” por “contrasta” na penúltima frase da parte da Identificação
Substituir “monosilábico” por “monossilábico” na última frase da Identificação
Substituir “época“ por “épocas” na última frase do Onde observar no Algarve

Pilrito de perna longa
Ou a data da legenda da foto ou da Observação parece estar errada (2010 ou 2011?)

Pilrito de bico grosso
Colocar foto?

Pilrito canela
Colocar link dos spots nas seguintes observações
1994, 22-Set, Vila do Bispo, juv, R Rufino e outros (Pardela 5)
2004, 6-Set, Sagres, juvenil, P. Pinto (Anuário 6)

Boas observações!

Rui Figueiredo

Número de Mensagens : 307
Local : Lisboa/Porto/Faro
Data de inscrição : 05/09/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por pedro121 em Qua Mar 15, 2017 7:37 am

Rui Figueiredo escreveu:

Pilrito de perna longa
Ou a data da legenda da foto ou da Observação parece estar errada (2010 ou 2011?)


está a legenda mal
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 9837
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por pedro121 em Qua Mar 15, 2017 7:40 am

Rui Figueiredo escreveu:
Pilrito de bico grosso
Colocar foto?
!

tinha ideia que a pagina tinha foto, de qualquer modo há fotos da ave de 2009 e da de julho de 2012
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 9837
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por Gonçalo Elias em Qui Mar 16, 2017 12:31 pm

Rui Figueiredo escreveu:Contributo desta semana!

Obrigado Rui por mais uma revisão atenta.
Quanto a isto:
Rui Figueiredo escreveu:
Alula ou Álula?

Eu aprendi sem acento...
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17630
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por pedro121 em Qui Mar 16, 2017 1:37 pm

Calidris minuta: "A plumagem é semelhante à
do pilrito de Temminck"

Para mim não é. na realidade se há especie com o qual é confundido é com c. alba, os adultos em plumagem nupcial são frequentemenmte confundidos

Calidris temminckii: "o pilrito de Temminck é exclusivamente um migrador de passagem"

Bom, há registos de invernantes, não muitos mas há.

Calidris ferruginea: outra espécie que tem mais registos de inverno do que o texto sugere

Calidris maritima:

Litoral centro: remover a referencia à lagoa de Óbidos, incluir os molhes da Figueira da Foz

Lisboa e vale do Tejo – "o melhor local do país para procurar esta espécie é, sem dúvida, a costa do Estoril, "

já não é bem assim...
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 9837
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por Gonçalo Elias em Seg Mar 20, 2017 7:29 am

Semana de 20 a 26 de Março - limícolas várias

Ordem Charadriiformes
ostraceiro
pernilongo
alfaiate
alcaravão
corredor
perdiz-do-mar
combatente
narceja-galega
narceja-comum
narceja-de-wilson
narceja-real
falaropo-de-wilson
falaropo-de-bico-grosso
falaropo-de-bico-fino

Total de páginas desta semana = 14


Última edição por Gonçalo Elias em Seg Mar 20, 2017 12:02 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17630
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por pedro121 em Seg Mar 20, 2017 8:01 am

Haematopus ostralegus:

"Litoral centro – a lagoa de Óbidos é um dos locais onde a presença de ostraceiros parece ser regular."

A espécie é um invernante comum na lagoa com um bando de mais de 20 indivíduos todos os invernos, e a presença de pequenos números de aves imaturas durante o período estival.

Glareola pratincola: no onde observar a informação para Lisboa é enganadora, os Arrozais da Giganta não são particularmente bons para a especie actualmente já que a colonia se move dentro da area.

Lymnocryptes minimus: os textos do onde observar são enganadores sobre as possibilidades reais de ver a especie.

Por exemplo é dito que Salreu é particularmente bom, mas no eBird só há 1 observação, apesar da excelente cobertura do local por uma serie de eBirders.

Ou seja convém ser menos optimista nos textos

Phalaropus fulicarius: eu mudava o texto, para indicar que é principalmente um migrador de passagem e não um invernante, e que as melhores alturas para ver a espécie são entre meio de setembro a fins de outubro em situações de tempestade e ventos de oeste.

Litoral Centro – "conhecem-se observações no cabo Carvoeiro."

é observado com alguma frequência no cabo Carvoeiro, normalmente em situações de mau tempo, podendo passar dezenas ou mesmo centenas de indivíduos em condições favoráveis

Calidris pugnax: o link que colocaste não funciona

Mudar o texto, a espécie inverna na ponta da erva, figueira da foz, ria de Aveiro em números relativamente altos

Litoral centro " – pode ser visto na zona do paul da Madriz e nos arrozais de Salreu."

Tirar a madriz, colocar a murraceira




avatar
pedro121

Número de Mensagens : 9837
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por Rui Figueiredo em Seg Mar 20, 2017 10:00 am

Contributos para esta semana

Semana 20 a 26 Março
Ostraceiro
Não sei se faz sentido referir unicamente a Ínsua no estuário do Minho visto que é frequentemente observado no próprio estuário também.
O link para a Ria Formosa no onde observar no Algarve não funciona

Pernilongo
Falta um espaço entre “rectilíneo.O” na parte da Identificação
Está duplicada a referência às salinas de Odiáxere no onde observar no Algarve

Alfaiate
Não vejo necessidade de estar “exclusivamente estritamente costeira” no Abundância e Calendário. sugere-se que fique “quase estritamente costeira”
Substituir “o” por “no” na primeira frase do Onde Observar ficando “no estuário do Tejo e no estuário do Sado…”
Substituir “ocorrencia” por “ocorrência” no Onde observar no Alentejo

Alcaravão
Substituir “alcaravão reúne-se” por “alcaravões reúnem-se” na Abundância e Calendário na terceira frase.
Substituir “distribuiao” por “distribuição” no Onde observar no Alentejo
Substituir “norte alentejo” por “Alto Alentejo” no onde observar no Alentejo

Corredor
Nada a apontar

Perdiz do mar
Substituir “uropigio” por “uropígio” na terceira frase da Identificação
Substituir “lezirias” por “lezírias” no Onde observar em lisboa e Vale do Tejo
Substituir “e” por “é” na frase “… esta espécie é na reserva de Castro Marim” no Onde observar no Algarve
Os links do onde observar não funcionam

Combatente
O link colocado não funciona sendo este o link correto: http://www.avesdeportugal.info/calpug.html

Narceja galega
Colocar link para a ria de Aveiro no onde observar no litoral centro

Narceja comum
Acho que se pode também colocar uma referência geral aos estuários do Litoral Norte visto haver registos nos principais estuários do Douro ao Minho. Mas com números baixos

Narceja de Wilson
Nada a apontar

Narceja real
Colocar foto?

Falaropo de Wilson
O link para o falaropo de bico fino na Identificação não funciona

Falaropo de bico grosso
Substituir “Sao” por “São” no Onde observar no Algarve

Falaropo de bico fino
Colocar links dos locais nas seguintes observações
1994, 5 a 13-Abr, Quinta do Lago, W. Oliver (Anuário 7)
2001, 28-Abr a 9-Mai, estuário do Tejo, 1, CC Moore, D Calém, M Millais (Anuário 2)
2005, 13-Ago, estuário do Tejo, 2 inds., CC Moore, C Noivo, P Faria (Anuário 5)
2006, 10-Jun, Castro Marim, adulto, CC Moore (Anuário 6)
2006, 20 a 31-Ago, Castro Marim, imaturo, A Leitão, R Belo, J Jara (Anuário 6)
2007, 8 a 17-Ago, Castro Marim, imaturo,S Wates, J Jara, R Tipper (Anuário 6)
2007, 2-Set, lezírias da Ponta da Erva, 2, CCMoore e J Jara (Anuário 6)
2008, 26-Abr a 18-Jun, Castro Marim, A. Gonçalves e N. Vieira (Anuário 7)
Colocar link para os locais nas seguintes observações:
2008, 15-Jun, arrozais da Giganta,-Vila Franca de Xira, 8 inds., por P. Fernandes
2009, 21-Ago, Venta-Moinhos-Castro Marim, 1 ind., por observador desconhecido
2012, 01-Mai, salinas do Cerro do Bufo,-Castro Marim, fêmea adulta, por J. Jara
2012, 1-Ago, Castro Marim-Cerro do Bufo, 1 adulto, por J. Jara
2013, 28-Abri, castro Marin, femea adulta, por J. Taylor
2016, 12-Mai, Ludo-Loulé, uma fêmea, por M. Davis
2016, 27-Set, Sagres, 1 ind., por R. Salgueiro

Rui Figueiredo

Número de Mensagens : 307
Local : Lisboa/Porto/Faro
Data de inscrição : 05/09/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por Rui Figueiredo em Seg Mar 20, 2017 10:02 am

Gonçalo Elias escreveu:
Rui Figueiredo escreveu:Contributo desta semana!

Obrigado Rui por mais uma revisão atenta.
Quanto a isto:
Rui Figueiredo escreveu:
Alula ou Álula?

Eu aprendi sem acento...

Gonçalo tem servido para aprender muito sobre as diversas espécies

Quanto ao álula ou alula eu só referi porque nunca tinha ouvido o termo e em pesquisa só apanhei com acento.

Rui Figueiredo

Número de Mensagens : 307
Local : Lisboa/Porto/Faro
Data de inscrição : 05/09/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por Gonçalo Elias em Seg Mar 20, 2017 12:03 pm

pedro121 escreveu:
Calidris pugnax: o link que colocaste não funciona

Já está rectificado.
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17630
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por Gonçalo Elias em Dom Mar 26, 2017 3:41 pm

Esta semana vamos arrematar o que falta das limícolas

Semana de 27 de Março a 2 de Abril - maçaricos e afins

Ordem Charadriiformes
maçarico-de-bico-comprido
galinhola
maçarico-de-bico-direito
fuselo
maçarico-galego
maçarico-de-bico-fino
maçarico-real
maçarico-do-campo
maçarico-sovela
maçarico-das-rochas
maçarico-maculado
maçarico-bique-bique
maçarico-solitário
perna-vermelha-escuro
perna-amarela-grande
perna-verde-comum
perna-amarela-pequeno
maçarico-d'asa-branca
perna-verde-fino
maçarico-bastardo
perna-vermelha-comum
rola-do-mar

Total de páginas desta semana = 22
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17630
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por Rui Figueiredo em Seg Mar 27, 2017 11:39 am

Semana 27 Março a 2 Abril
Maçarico de bico comprido
Substituir “estuario” por “estuário” na seguinte observação:
2012, 3-Ago, estuario do Tejo-Alcamé, 2 adultos, por A. Gonçalves

Galinhola
Falta um espaço entre “quefrequenta” na terceira frase da Identificação
Substituir “tambem ja” por “também já” no Onde observar o Litoral Centro

Maçarico de bico direito
Colocar link para a Ria de Aveiro no Onde observar Litoral Centro

Fuselo
Substituir “apresente” por “apresentam” na última frase da parte da Identificação

Maçarico galego

Nada a apontar

Maçarico de bico fino
Substituir “passao” por “passado” na primeira frase da descrição

Maçarico real
Substituir “o” por “os” no Onde observar no Entre Douro e Minho

Maçarico do campo

Colocar foto?

Maçarico sovela
Nada a apontar

Maçarico das rochas
Colocar um espaço entre “salgada.Pode” no Abundância e calendário
Substituir “limicola” por “limícola” no Onde observar – Entre Douro e Minho

Maçarico maculado
O link para o maçarico das rochas na parte da identificação não funciona
Os links para os locais das observações registadas e homologadas não funcionam

Maçarico bique bique
Nada a apontar

Maçarico solitário
Nada a apontar

Perna vermelha escuro
Nada a apontar.

Perna amarela grande
Colocar foto?

Perna verde comum
Substituir “constrastam” por “contrastam” na primeira frase da Identificação
O link para o Ludo no Onde observar no Algarve não funciona

Perna amarela pequeno
Falta o link para o local nas seguintes observações:
1993, 11-Nov e 7-Dez, Quinta do Marim, ria Formosa, M Lecoq (Airo 6-1,2)
Outras observações:
2010, 9-Out, Afurada (Vila Nova de Gaia), por P. Rock
2014, 14-Mar, ETAR de Faro-Nascente, 1 ind., por T. Valkenburg e A. Cotão

Maçarico d´asa branca
Nada a apontar

Perna verde fino
Substituir “Estuario” por “Estuário” na seguinte observação:
2012, 07-Jul, Estuario do Tejo-Salinas de Vaza Sacos, 1 individuo de 2º ano, por J. Jara
Substituir r ibeira“ por “ribeira” na seguinte observação:
2014, 17-Ago,r ibeira das Enguias, um ind, por L. Gordinho
Colocar link para os locais de observação em todas as observações

Maçarico bastardo
Substituir “espécia” por “espécie” na primeira frase da Abundância e calendário

Perna vermelha comum
Substituir “Límicola” por “Limícola” na primeira frase da Identificação
Substituir “límicolas” por “limícolas” na última frase da Identificação
Grande parte dos links dos locais de Onde observar não funcionam

Rola do mar
Substituir “Límicola” por “Limícola” na primeira frase da Identificação
Retirar um dos links para os vídeos já que vão dar à mesma página

Rui Figueiredo

Número de Mensagens : 307
Local : Lisboa/Porto/Faro
Data de inscrição : 05/09/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por pedro121 em Seg Mar 27, 2017 2:31 pm

Tringa glareola: no onde observar fazer referencia a que no estuário do tejo invernam alguns indivíduos

Limosa lapponica: no onde observar, no litoral centro

"a ria de Aveiro e o estuário do Mondego são os melhores locais de
observação. Na lagoa de Óbidos podem ser observados alguns bandos, sobretudo na passagem migratória."

O estuário do Mondego não é particularmente bom para a espécie, há poucos registos de inverno e de poucas aves, a área é melhor para Lim lim. já na Lagoa de Óbidos é comum no inverno, com uma população invernante acima das 50 aves.

Numenius arquata:"Litoral Centro – o maçarico-real ocorre na ria de Aveiro e no estuário do Mondego. Ocasionalmente também pode ser visto na lagoa de Óbidos."

Pois, não, ele pode ocasionalmente ser visto no estuário do Mondego, mas é comum e até abundante na lagoa de Óbidos, estando presente durante todo o ano

Scolopax rusticola Litoral centro: é frequente entre Óbidos e Alcobaça, sendo localmente "comum"


avatar
pedro121

Número de Mensagens : 9837
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por PNicolau em Seg Mar 27, 2017 2:35 pm

Maçarico-de-bico-comprido
A melhor forma de distinguir do Maçarico-de-bico-curto (Limnodromus griseus - referir o nome científico) em qualquer plumagem é o chamamento. Em plumagem nupcial, as marcações no peito são distintivas. Nas outras plumagens, são muito difíceis de distinguir.

Maçarico-do-campo
Adicionar foto. Há fotos da ave de Santa Luzia por aí

Perna-verde-fino
Aparece como perna-verde-fina na lista de espécies do portal.
Distingue-se do perna-verde-comum pelo inferior tamanho, bico fino e recto, patas amareladas e branco na face.

Maçarico-de-bico-fino
Não existem provas de que exista qualquer população extante.

Perna-amarela-pequeno
Aparece como perna-amarela-pequena na lista de espécies do portal.
(...) Assemelha-se bastante ao maçarico-bastardo, do qual se distingue pela ausência de supercílio distinto, partes superiores menos sarapintadas e bico mais fino e pontiagudo.

Maçarico-bastardo
Referir Paúl da Barroca e Quinta da Atalaya como dois locais bastante bons para a espécie.
Ocorre em vários açudes interiores alentejanos na época de migração, não só na Lagoa dos Patos.

Perna-verde
As lezírias da Ponta da Erva e, em particular, o EVOA são bons locais para ver a espécie.

Perna-amarela-grande
Semelhante ao perna-verde mas com patas amarelas e sem "V" branco nas costas. Distingue-se do pequeno pelo bico maior e recurvado.

Galinhola
A distribuição está um pouco desactualizada.
avatar
PNicolau

Número de Mensagens : 4813
Idade : 23
Local : Lisboa
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por Gonçalo Elias em Seg Mar 27, 2017 3:49 pm

PNicolau escreveu:Galinhola
A distribuição está um pouco desactualizada.

Eu acho que ela sempre esteve desactualizada, na altura em que o texto foi escrito o conhecimento era um pouco menor.

Tens sugestões concretas relativamente a este texto?
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17630
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por pedro121 em Ter Mar 28, 2017 7:01 am

Gonçalo Elias escreveu:
PNicolau escreveu:Galinhola
A distribuição está um pouco desactualizada.

Eu acho que ela sempre esteve desactualizada, na altura em que o texto foi escrito o conhecimento era um pouco menor.

Tens sugestões concretas relativamente a este texto?

Bem, por mim eu deixava indicação que a espécie pode ser vista a deslocar-se para habitat apropriado à alimentação ao longo de todo o litoral centro e douro litoral, e com habitat apropriado quero dizer varzeas, pomares e todo o tipo de habitats húmidos que se situem junto a pinhais, matos, carvalhais etc, e que deve ser procurada depois do sol se por quando voa para os terrenos de alimentação
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 9837
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por Gonçalo Elias em Ter Mar 28, 2017 7:35 am

ok é uma boa sugestão.
Obrigado.
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17630
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por PNicolau em Ter Mar 28, 2017 3:12 pm

Ela também aparenta ser frequente no interior, e eu diria que podem estar associadas a cursos de águas. Eu já vi duas junto ao Mondego por exemplo, e não exploro minimamente a área.
Na galinhola importa essencialmente o habitat, de facto, a distribuição há-de ser generalizada.
avatar
PNicolau

Número de Mensagens : 4813
Idade : 23
Local : Lisboa
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por Gonçalo Elias em Qua Mar 29, 2017 12:52 am

Sim, o problema é que na secção "onde observar" costumo sugerir locais concretos e neste caso isso não é muito fácil.
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 17630
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por Luis Silva em Qua Mar 29, 2017 2:07 am

Em relação a galinhola, os locais onde as vejo com mais frequência é em locais onde há choupos. Estes são plantados também em zonas alagadiças, o que se sobrepõem ao habitat da espécie.

Luis Silva

Número de Mensagens : 431
Data de inscrição : 08/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por pedro121 em Qua Mar 29, 2017 8:12 am

Actitis macularius: pedir fotos da ave de albufeira ao Frade? Smile Smile

Bem, basicamente tirar as fotos que estão, e colocar fotos tiradas a um juvenil.
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 9837
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por PNicolau em Qua Mar 29, 2017 9:32 am

Discordo, a ave em voo pode ficar e o outro indivíduo é bem típico por isso não deve sair.
avatar
PNicolau

Número de Mensagens : 4813
Idade : 23
Local : Lisboa
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por PNicolau em Qua Mar 29, 2017 9:32 am

Luis Silva escreveu:Em relação a galinhola, os locais onde as vejo com mais frequência é em locais onde há choupos. Estes são plantados também em zonas alagadiças, o que se sobrepõem ao habitat da espécie.
Está muito bem visto
avatar
PNicolau

Número de Mensagens : 4813
Idade : 23
Local : Lisboa
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grande revisão do portal avesdeportugal.info

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 7 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum