A questão da Ponta da Erva - Proposta de reorganização de hotspots

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A questão da Ponta da Erva - Proposta de reorganização de hotspots

Mensagem por Flávio Oliveira em Sex Maio 19, 2017 5:35 pm

A confusão começa logo com o nome. A Ponta da Erva propriamente dita é a extremidade da Lezíria localizada junto à foz do Rio Sorraia. Entre a comunidade de observadores de aves tornou-se comum adoptar a expressão "Ponta da Erva" para fazer referência aos terrenos localizados a sul da "recta do Cabo" e delimitados a oeste pelo Rio Tejo e a leste pelo Rio Sorraia. Esta superfície constitui boa parte da Lezíria Grande de Vila Franca de Xira.

Esta extensa área de terrenos praticamente planos é dividida quase ao meio de forma longitudinal pela vala principal da vasta rede de canais que aí estão instalados. Um aspecto que me parece relevante é que esta vala só pode ser cruzada de um lado para o outro em 3 locais muito específicos, dada a existência de pontes. Nesse sentido, esta vala funciona como uma divisão natural da Lezíria em duas partes.

E é aqui que eu começo a falar de hotspots!
Entro o Tejo e a Vala principal há um contínuo de arrozais limitados a norte pela recta do Cabo e a sul pela "estrada do eucalipto". Toda esta área deve ter apenas um hotspot. Por várias razões, e até por uma questão de centralidade, o ponto Lezíria Grande de Vila Franca de Xira--Alcamé (acesso condicionado) está perfeito. Deve, portanto, agregar todos os outros pontos existentes neste sector da Lezíria. Listo em seguida os hotspots a fundir com Alcamé:
- Lezíria Grande de Vila Franca de Xira--Cardal (acesso condicionado)
- Lezíria Grande de Vila Franca de Xira--Poça do Cardal
- Lezíria Grande de Vila Franca de Xira--Arrozais da Vala de Mar de Cães (acesso condicionado)
- RN Estuário do Tejo--Mouchão das Garças (acesso condicionado)
- Lezíria Grande de Vila Franca de Xira--Arrozais da Saragoça (acesso condicionado)

A sul desta área de arrozal, e mantendo-nos a Oeste da Vala principal, temos uma superfície quase exclusivamente de pastagens. Esta é a parte da Lezíria mais complexa em termos de hotspots porque aqui existem alguns locais muito específicos. Abordarei em seguida cada um dos hotspots actualmente existentes.

RN Estuário do Tejo--EVOA--área geral (acesso condicionado)
Ponto completamente justificável, discordo apenas da sua localização actual (mudava o marcador para cima do edifício)
RN Estuário do Tejo--EVOA--Lagoa Principal (acesso condicionado)
Ponto completamente justificável e correcto
RN Estuário do Tejo--EVOA--Lagoa Rasa (acesso condicionado)
Ponto completamente justificável e correcto
RN Estuário do Tejo--EVOA--Lagoa Grande (acesso condicionado)
Ponto completamente justificável e correcto
RN Estuário do Tejo--EVOA--Sapal (acesso condicionado)
Não se justifica tendo em conta até a sua incorrecta utilização (veja-se as suas listas). Fundir com EVOA--área geral ou de preferência com o ponto geral da Lezíria

RN Estuário do Tejo--38 Moios (acesso condicionado)
Ponto completamente justificável e correcto

RN Estuário do Tejo--Marinhas da Saragoça (acesso condicionado)
Ponto completamente justificável e correcto

Por último, o ponto RN Estuário do Tejo--estrada de acesso ao EVOA (acesso condicionado). O nome não é certamente o mais interessante mas cumpre uma função muito relevante e que é receber as listas efectuadas desde o final dos arrozais e seguindo na direcção do EVOA ou de 38 Moios. Este percurso tem 3 ou 4 km no máximo e, nesse sentido, acho incompreensível que aqui se coloquem listas de dezenas de kms. Na medida em que até existe um ponto geral para toda esta área esta situação é mesmo inaceitável. Portanto, ponto completamente justificável e correcto.

Uma referência também ao ponto RN Estuário do Tejo--Mouchão do Lombo do Tejo (acesso condicionado). Este local é inacessível à maioria dos observadores e, neste caso, deve ser passado a ponto pessoal.

Abordando agora o sector oriental da Lezíria, localizado entre a Vala principal e o Rio Sorraia, verifica-se novamente uma área de regadio e arrozal a norte e uma superfície de pastagens a sul.
O ponto Lezíria Grande de Vila Franca de Xira--Arrozais da Giganta (acesso condicionado) está correcto e é plenamente justificável. É mais discutível a sua localização, podendo ser alterada para um ponto mais central desta área de arrozal.
Por outro lado, o ponto Lezíria Grande de Vila Franca de Xira--Portas do Capitão-Mór (acesso condicionado) deve ser fundido com o anterior.

No que se refere à área de pastagens, adjacentes à porção terminal da recta da Ponta da Erva (grosso modo a partir do entroncamento com a estrada do eucalipto), era desejável a existência de um hotspot. No entanto, este ainda não existe. Apercebo-me que as observações efectuadas neste troço da estrada acabam muitas vezes por ser incluídas no ponto RN Estuário do Tejo--Ponta da Erva (acesso condicionado) e talvez não seja incorrecto fazê-lo quando se está a ir em direcção à Ponta da Erva.
Todavia, entre os Arrozais da Giganta e a Ponta da Erva propriamente dita há uma distância considerável e é oportuna a criação de um novo ponto (que poderia chamar-se Portas do Mouchão da Cabra). Serviria para observações nesta zona de pastagens a sul dos arrozais e, inclusivamente, para o troço da estrada do eucalipto a leste da Vala principal. Poderia estar localizado no entroncamento destas duas estradas. Eu não conto ir lá tão cedo por isso fico a aguardar que alguém sugira o ponto  Very Happy

Finalmente, o ponto Lezíria Grande de Vila Franca de Xira--área geral (acesso condicionado). Este é também indiscutível, é preciso apenas encontrar a melhor localização para o seu marcador que terá, naturalmente, que ter em conta a posição dos restantes hotspots.

Em jeito de conclusão, devo dizer que esta me parece uma proposta equilibrada e que tenta resolver o principal problema dos hotspots na Lezíria. Muitos dos pontos existentes até agora eram de limites indefinidos e que acabavam por se sobrepor, ou seja, não se percebia bem onde acabava um e começava outro. Com esta proposta esse problema é, penso eu, resolvido em grande medida.
avatar
Flávio Oliveira

Número de Mensagens : 483
Idade : 37
Local : Maia
Data de inscrição : 11/09/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A questão da Ponta da Erva - Proposta de reorganização de hotspots

Mensagem por Gonçalo Elias em Sab Maio 20, 2017 8:06 am

Flávio,

O assunto é relevante e oportuno. Creio que a reorganização se justifica.

Embora genericamente concorde com as alterações que propões, tenho alguma dificuldade em entender a necessidade de ter 4 pontos distintos numa área tão pequena como o EVOA. Em minha opinião haveria apenas um ponto geral e quem quisesse ter as observações separadas por lagoas poderia usar pontos pessoais.

(Esta questão já foi aliás abordada em relação à Lagoa de Albufeira).

No que se refere a esta parte:

Por último, o ponto RN Estuário do Tejo--estrada de acesso ao EVOA (acesso condicionado). O nome não é certamente o mais interessante mas cumpre uma função muito relevante e que é receber as listas efectuadas desde o final dos arrozais e seguindo na direcção do EVOA ou de 38 Moios. Este percurso tem 3 ou 4 km no máximo e, nesse sentido, acho incompreensível que aqui se coloquem listas de dezenas de kms. Na medida em que até existe um ponto geral para toda esta área esta situação é mesmo inaceitável. Portanto, ponto completamente justificável e correcto.

Estás a partir do princípio que quem vai ao EVOA vai fazer uma lista separada para este troço mas não para o resto da lezíria. Será?

Por mim reduzia a lezíria grande (a sul da N10) a cinco pontos apenas:

- área geral
- arrozais da giganta
- alcamé e cardal
- evoa
- ponta da erva

Chegava e sobrava. Smile

Aliás, quanto maior o número de hotspots, maior o risco de serem mal utilizados. Veja-se por exemplo esta lista de 80 km na lagoa grande do Evoa Very Happy
http://ebird.org/ebird/view/checklist/S35776729
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 18159
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A questão da Ponta da Erva - Proposta de reorganização de hotspots

Mensagem por pedro121 em Sab Maio 20, 2017 1:50 pm

Gonçalo Elias escreveu:Flávio,

O assunto é relevante e oportuno. Creio que a reorganização se justifica.

Embora genericamente concorde com as alterações que propões, tenho alguma dificuldade em entender a necessidade de ter 4 pontos distintos numa área tão pequena como o EVOA. Em minha opinião haveria apenas um ponto geral e quem quisesse ter as observações separadas por lagoas poderia usar pontos pessoais.

Eu acho melhor não abordar os pontos do Evoa nesta proposta de fusão (tirando o do sapal), não vai ser possível chegar a consenso e vai causar uma discussão sobre uma questão secundaria.

Vamos manter a discussão centrada na questão principal.

E para mim a questão é simples, a área é feita em usando uma rede de estradas, as listas feitas são de percurso, logo os pontos existentes devem cobrir os percursos principais, e devem ser POUCOS!!

Mas há locais em que as pessoas saem do carro e fazem contagens separadas, a ponta da erva propriamente dita, 38 moios, evoa, Marinhas da Saragoça. e basicamente é isso.

Os outros pontos? reduzir ao mínimo!

Mas depois temos o problema que o Flávio já levantou que é o da área ser conhecida como Ponta da Erva quando de facto só deveria ser o fim da estrada.

avatar
pedro121

Número de Mensagens : 10187
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A questão da Ponta da Erva - Proposta de reorganização de hotspots

Mensagem por PNicolau em Sab Maio 20, 2017 3:47 pm

Cortar a Saragoça para mim é impensável.
avatar
PNicolau

Número de Mensagens : 4974
Idade : 23
Local : Lisboa
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A questão da Ponta da Erva - Proposta de reorganização de hotspots

Mensagem por Gonçalo Elias em Dom Maio 21, 2017 5:51 am

PNicolau escreveu:Cortar a Saragoça para mim é impensável.

tens razão esqueci-me desse, ficariam seis...

(seja como for eu quando vou à lezíria uso quase sempre o ponto geral)
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 18159
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A questão da Ponta da Erva - Proposta de reorganização de hotspots

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum