Espécies exóticas e rankings

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por Gonçalo Elias em Ter Jul 04, 2017 11:13 am

Já agora partilho aqui qual os critérios que costumo usar para assinalar bicharada exótica:

1 - tratando-se de espécies que aparecem no ebird (isto é, estabelecidas ou em vias de estabelecimento), faço busca activa como para qualquer espécie nativa, pois considero que tem interesse documentar a respectiva distribuição;

2 - no caso de aves fugidas de cativeiro e que andam por aí à solta mas que não aparecem no ebird, registo as observações fortuitas (aves que surgiram à minha frente por acaso) mas não faço busca activa; exemplificando: se passar uma caturra à minha frente, eu faço o registo para ficar com a informação, mas se alguém me disser "olha está uma caturra no jardim xyz" eu não vou lá vê-la mesmo que seja perto;

3 - quanto às aves de jardim (patos, gansos e quejandos): este é o grupo mais difícil, porque muitas vezes não é possível aferir o grau de liberdade destas aves; em geral uso o "domestic type" para as espécies em que existe a opção; quando essa opção não está disponível costumo registar as espécies que já observei à solta fora de ambiente urbano (exemplo Cygnus atratus, Aix sponsa), por se tratar de espécies em que manifestamente há fugas; às vezes registo também casos em que haja nidificação; os restantes casos não costumo registar.
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 19051
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por PNicolau em Ter Jul 04, 2017 11:34 am

As únicas espécies que devem ser reportadas, na minha opinião, são:
- espécies cuja origem poderá ser genuinamente selvagem, podendo ser de populações que se estejam a reproduzir na natureza ou de divagantes genuínos.
exemplo: Tadorna ferruginea, Cygnus olor na Ponta da Erva, patos marufos mas que estejam em bando com outros selvagens e não tenham anilhas como Anas falcata, Dendrocygna bicolor, Branta canadensis, etc.
- espécie que, mesmo sendo fugas, apresentam risco de estar a estabelecer populações selvagens.

Espécies que não devem ser reportadas:
- espécies em Parques com aves exóticas e/ou com anilhas e/ou com asas cortadas e/ou ao pé de gaiolas
ex: Koi Park, Badoca Park, etc etc
- fugas óbvias em zonas residenciais ou aves muito mansas, claramente sem origem selvagem e sem perigo de criar qualquer população.
ex: Cisne-mudo do Parque da Paz
avatar
PNicolau

Número de Mensagens : 5097
Idade : 23
Local : Lisboa
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por pedro121 em Ter Jul 04, 2017 2:42 pm

PNicolau escreveu:As exoticas do Koi Park nao sao para reportar!!!!! Sao animais domesticos.

Anser indicus
Branta leucopsis
Branta canadensis
Branta ruficollis
Cygnus olor
Cygnus atratus
Cygnus cygnus
Coscoroba coscoroba
Cairina moschata
Aix sponsa
Anas rubripes

Que eu saiba não há Anas rubripes no Koi Park.
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 10726
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por Daniel Raposo em Qua Jul 05, 2017 1:15 am

pedro121 escreveu:Que eu saiba não há Anas rubripes no Koi Park.

E desde quando isso é impeditivo? Rolling Eyes
avatar
Daniel Raposo

Número de Mensagens : 129
Idade : 38
Local : Seixal/Cercal do Alentejo
Data de inscrição : 16/12/2015

http://bicho-do-mato.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por lrodrigues em Qua Jul 05, 2017 2:21 am

Gonçalo Elias escreveu:
3 - quanto às aves de jardim (patos, gansos e quejandos): este é o grupo mais difícil, porque muitas vezes não é possível aferir o grau de liberdade destas aves; em geral uso o "domestic type" para as espécies em que existe a opção; quando essa opção não está disponível costumo registar as espécies que já observei à solta fora de ambiente urbano (exemplo Cygnus atratus, Aix sponsa), por se tratar de espécies em que manifestamente há fugas; às vezes registo também casos em que haja nidificação; os restantes casos não costumo registar.

Eu acho que para muitos esta será uma das principais razões para registar ou não as exóticas, e não a questão da pelágica. É que não há indicações claras de como proceder nestes casos, e nomeadamente em parques. E pelo que pesquisei na ajuda do eBird não encontrei nada claro sobre isto. Portanto, o que faço é, quando na dúvida, reportar tudo.
E claramente não é pela pelágica, sempre paguei as que fiz e vou continuar a pagar.
avatar
lrodrigues

Número de Mensagens : 595
Idade : 48
Local : Porto
Data de inscrição : 24/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por pedro121 em Qua Jul 05, 2017 2:32 am

lrodrigues escreveu:

Eu acho que para muitos esta será uma das principais razões para registar ou não as exóticas, e não a questão da pelágica. É que não há indicações claras de como proceder nestes casos, e nomeadamente em parques. E pelo que pesquisei na ajuda do eBird não encontrei nada claro sobre isto. Portanto, o que faço é, quando na dúvida, reportar tudo.
E claramente não é pela pelágica, sempre paguei as que fiz e vou continuar a pagar.

Eu acho que é claro

"Do not report captive birds. You may report wild birds you see at outdoor zoos, but do not include caged birds, pinioned waterfowl, or birds that are part of the collection. As a general rule, birds at zoos that are not known to be wild should not be reported."

Portanto, se estiver numa gaiola, não puder voar, ser parte de uma colecção etc. Não é pare reportar.

Tudo o que andar a voar de um lado para o o outro, é ok.
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 10726
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por lrodrigues em Qua Jul 05, 2017 3:05 am

pedro121 escreveu:
lrodrigues escreveu:

Eu acho que para muitos esta será uma das principais razões para registar ou não as exóticas, e não a questão da pelágica. É que não há indicações claras de como proceder nestes casos, e nomeadamente em parques. E pelo que pesquisei na ajuda do eBird não encontrei nada claro sobre isto. Portanto, o que faço é, quando na dúvida, reportar tudo.
E claramente não é pela pelágica, sempre paguei as que fiz e vou continuar a pagar.

Eu acho que é claro

"Do not report captive birds. You may report wild birds you see at outdoor zoos, but do not include caged birds, pinioned waterfowl, or birds that are part of the collection. As a general rule, birds at zoos that are not known to be wild should not be reported."

Portanto, se estiver numa gaiola, não puder voar, ser parte de uma colecção etc. Não é pare reportar.

Tudo o que andar a voar de um lado para o o outro, é ok.

Olá Pedro,

Essas são as que não oferecem dúvidas, a questão é as outras. O que dizes é o que tenho feito, desde que não estejam em gaiolas e possam voar reporto.

A dúvida é sobre as outras e alguns casos já referidos atrás como não se devendo reportar, por exemplo:

Cygnus olor
Cairina moschata

Por exemplo, no Parque da Cidade do Porto os dois patos-mudo não estão em gaiola, voam e bem e que seja conhecido não fazem parte de nenhuma colecção. Eu tenho reportado, mas será que não é correcto? É por essa informação do eBird está correcto reportar.


avatar
lrodrigues

Número de Mensagens : 595
Idade : 48
Local : Porto
Data de inscrição : 24/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por PNicolau em Qua Jul 05, 2017 3:15 am

Reportar como Domestic Type, existe essa opção. Patos-mudos com fenótipo selvagem são muito escassos.

Mas de qualquer modo parece-me correcto.

Cygnus olor varia muito de local e ocasião. Por exemplo a ave do Parque da Paz em Almada é bem conhecida por ser de cativeiro. "Birds that are not known to be wild should not be reported". As da Ponta da Erva por exemplo já não se sabe de onde vêem.
Se há dúvida genuína, reporta sem problemas de consciência.
avatar
PNicolau

Número de Mensagens : 5097
Idade : 23
Local : Lisboa
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por Daniel Raposo em Qua Jul 05, 2017 3:37 am

PNicolau escreveu: Por exemplo a ave do Parque da Paz em Almada é bem conhecida por ser de cativeiro... As da Ponta da Erva por exemplo já não se sabe de onde vêem.

Embora não discorde do que disseste, queria só clarificar que o Cignus do Parque da Paz também é de proveniência desconhecida, tal como os Alopochen, os Chloephaga ou quaisquer outros gansos e patos. Não foram oficialmente introduzidas quaisquer aves no parque.
avatar
Daniel Raposo

Número de Mensagens : 129
Idade : 38
Local : Seixal/Cercal do Alentejo
Data de inscrição : 16/12/2015

http://bicho-do-mato.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por lrodrigues em Qua Jul 05, 2017 3:41 am

PNicolau escreveu:Reportar como Domestic Type, existe essa opção. Patos-mudos com fenótipo selvagem são muito escassos.

Mas de qualquer modo parece-me correcto.

Cygnus olor varia muito de local e ocasião. Por exemplo a ave do Parque da Paz em Almada é bem conhecida por ser de cativeiro. "Birds that are not known to be wild should not be reported". As da Ponta da Erva por exemplo já não se sabe de onde vêem.
Se há dúvida genuína, reporta sem problemas de consciência.

Ok.
avatar
lrodrigues

Número de Mensagens : 595
Idade : 48
Local : Porto
Data de inscrição : 24/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por PNicolau em Qua Jul 05, 2017 3:47 am

Eu compreendo essa questão mas o cisne do Parque da Paz reside lá há pelo menos 3 anos, mas possivelmente até mais porque há registos de cisnes-mudos nesse parque desde 2007.

Os Magalhães e do Egipto são diferentes porque se estão a reproduzir e depois porque:
- os do Egipto já são "categoria C não oficial"
- os de Magalhães começam a dispersar e já aparecem no Seixal.

Mas sinceramente essa ave é tão amplamente reportada que já nem faz diferença.
avatar
PNicolau

Número de Mensagens : 5097
Idade : 23
Local : Lisboa
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por Daniel Raposo em Qua Jul 05, 2017 4:11 am

PNicolau escreveu:Eu compreendo essa questão mas o cisne do Parque da Paz reside lá há pelo menos 3 anos, mas possivelmente até mais porque há registos de cisnes-mudos nesse parque desde 2007.

Os Magalhães e do Egipto são diferentes porque se estão a reproduzir e depois porque:
- os do Egipto já são "categoria C não oficial"
- os de Magalhães começam a dispersar e já aparecem no Seixal.

Mas sinceramente essa ave é tão amplamente reportada que já nem faz diferença.

Não seria útil que existisse uma checkbox em todas as aves que indicasse que a mesma é uma "forma doméstica" com liberdade de movimentos? Isto permitiria identificar potenciais focos de dispersão sem contaminar a base de dados e sem estragar contabilidades ao nível das listas, uma vez que os cromos que querem subir nos rankings à conta de manigâncias não conseguiriam retirar dali qualquer vantagem.
avatar
Daniel Raposo

Número de Mensagens : 129
Idade : 38
Local : Seixal/Cercal do Alentejo
Data de inscrição : 16/12/2015

http://bicho-do-mato.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por Mário Estevens em Qua Jul 05, 2017 4:17 am

Já agora, só para acrescentar mais alguma informação relativamente aos cisnes do Parque da Paz, que na verdade não ajuda muito a esclarecer esta questão, mas que serve para mostrar que nem sempre é fácil definir o estatuto destas aves.

Como foi dito, existem registos de cisnes-mudos (no plural) no Parque da Paz desde 2007, sendo que durante esse ano e em 2008 chegaram a residir no parque 8 indivíduos desta espécie, inclusivamente com reprodução confirmada no local.

Estas aves sempre foram livres de ir e vir (tal como todos os outros anatídeos que ocorrem no parque) e por essa altura, coincidente com a redução para 7 indivíduos no parque, houve também registos de um indivíduo na Baía do Seixal, que não dista muito do Parque da Paz.

Ao longo dos anos o número de cisnes no Parque da Paz foi diminuindo gradualmente, até que apenas restou um indivíduo e penso que mais recentemente nem esse tem aparecido no parque (tal como acontece por vezes com os Alopochen, que ora estão presentes ora não estão).

Isto tudo para dizer que, apesar de pessoalmente acreditar que todas estas aves têm origem em cativeiro (até pelo seu comportamento extremamente tolerante), isto pode não ser assim tão evidente para quem visita estes locais de forma mais ocasional, que assim preferem reportar as aves por não conhecer a situação local. A única forma de ir também controlando a tendência destas populações em regime de semiliberdade é ir registando a sua ocorrência, uma vez que podem constituir eventuais focos de dispersão para outros locais e até de estabelecimento de algumas espécies.

Em locais como o Parque da Paz, em que as aves vêm e vão (portanto, voam), por vezes se reproduzem e nem sempre estão presentes, pode ser difícil definir com certeza o seu estatuto, embora concorde que a maioria dos anatídeos do lago provem, sem dúvida, de cativeiro (mas surgindo no parque por meios próprios, podendo assim ser considerados fugas de cativeiro).

Parece-me ser uma situação bem diferente de aves nitidamente domésticas (como galos, perus ou pavões), observadas em cativeiro em locais como quintas ou parques com cercados, que não devem ser reportadas mesmo que as aves estejam a mover-se livremente dentro ou associadas a esses locais.
avatar
Mário Estevens

Número de Mensagens : 97
Idade : 49
Local : Almada
Data de inscrição : 17/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por pedro121 em Qua Jul 05, 2017 4:48 am

Daniel Raposo escreveu:
Não seria útil que existisse uma checkbox em todas as aves que indicasse que a mesma é uma "forma doméstica" com liberdade de movimentos?

Uma forma doméstica não é o mesmo que uma ave domestica, os cisnes-mudos e os gansos-do-egipto são domésticos mas não tem uma forma doméstica.

Já os perus, galinhas e pavões são domésticos e tem formas domesticas. E a serem reportados devem se-lo como tal, claro que depois não iria contar e isso pode não interessar mas...
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 10726
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por pedro121 em Qua Jul 05, 2017 4:51 am

PNicolau escreveu:
- os do Egipto já são "categoria C não oficial"
- os de Magalhães começam a dispersar e já aparecem no Seixal.

Os gansos de Magalhães não vão a lado nenhum em termos de categoria, eles não estão a diminuir?

Já os do egipto continuam a fazer a festa no Alentejo, no resto do território são aves de parque que aparecem ocasionalmente noutros lados, mas estão em força no Alentejo.
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 10726
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por pedro121 em Qua Jul 05, 2017 4:54 am

lrodrigues escreveu:

Por exemplo, no Parque da Cidade do Porto os dois patos-mudo não estão em gaiola, voam e bem e que seja conhecido não fazem parte de nenhuma colecção. Eu tenho reportado, mas será que não é correcto? É por essa informação do eBird está correcto reportar.

Sim, mas como domestic type
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 10726
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por Daniel Raposo em Qua Jul 05, 2017 4:56 am

pedro121 escreveu:Uma forma doméstica não é o mesmo que uma ave domestica, os cisnes-mudos e os gansos-do-egipto são domésticos mas não tem uma forma doméstica.

Já os perus, galinhas e pavões são domésticos e tem formas domesticas. E a serem reportados devem se-lo como tal, claro que depois não iria contar e isso pode não interessar mas...

Até escrevi entre aspas porque tinha a noção de que não estaria a exprimir-me da melhor forma. Eu referia-me a uma função deste género (reparar no sublinhado amarelo):


avatar
Daniel Raposo

Número de Mensagens : 129
Idade : 38
Local : Seixal/Cercal do Alentejo
Data de inscrição : 16/12/2015

http://bicho-do-mato.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por pedro121 em Qua Jul 05, 2017 5:00 am

Daniel Raposo escreveu:
pedro121 escreveu:Que eu saiba não há Anas rubripes no Koi Park.

E desde quando isso é impeditivo? Rolling Eyes

Sim, mas aí entramos noutro campo, uma coisa é colocar aves de gaiola de uma loja de animais (sim porque o KOI park é uma loja de animais, ou deixou de o ser?) na lista, outra ainda é colocar um perú como forma selvagem e não domestica para poder contar.

Mas colocar um anas rubripes é fazer uma coisa muito diferente, é esticar, é passar para o dark side. Twisted Evil Twisted Evil

Por isso não sei, estas questões serão resolvidas eventualmente pelo eBird, estão na calha, mas serão resolvidas a tempo? outra questão.
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 10726
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por Daniel Raposo em Qua Jul 05, 2017 5:03 am

pedro121 escreveu:Mas colocar um anas rubripes é fazer uma coisa muito diferente, é esticar, é passar para o dark side. Twisted Evil Twisted Evil

Por isso não sei, estas questões serão resolvidas eventualmente pelo eBird, estão na calha, mas serão resolvidas a tempo? outra questão.

Infelizmente o lado negro é sedutor e manifesta-se nas mais variadas formas... Evil or Very Mad
avatar
Daniel Raposo

Número de Mensagens : 129
Idade : 38
Local : Seixal/Cercal do Alentejo
Data de inscrição : 16/12/2015

http://bicho-do-mato.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por pedro121 em Qua Jul 05, 2017 5:03 am

Daniel Raposo escreveu:
Até escrevi entre aspas porque tinha a noção de que não estaria a exprimir-me da melhor forma. Eu referia-me a uma função deste género (reparar no sublinhado amarelo):

Uma função desse género está também prevista, em que tu poderás clicar para "não contar", só que isso parte do observador, como parece também ser o caso deste sistema, o que não será muito util neste caso.

"Introduced species should be reported, but will count on your lists. In the future we plan to give the option to selectively remove these species from selected lists."
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 10726
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por Daniel Raposo em Qua Jul 05, 2017 5:12 am

pedro121 escreveu:
Uma função desse género está também prevista, em que tu poderás clicar para "não contar", só que isso parte do observador, como parece também ser o caso deste sistema, o que não será muito util neste caso.
"Introduced species should be reported, but will count on your lists. In the future we plan to give the option to selectively remove these species from selected lists."

Pois... a condição humana é tramada.
avatar
Daniel Raposo

Número de Mensagens : 129
Idade : 38
Local : Seixal/Cercal do Alentejo
Data de inscrição : 16/12/2015

http://bicho-do-mato.blogs.sapo.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por pedro121 em Qua Jul 05, 2017 5:25 am

Daniel Raposo escreveu:
pedro121 escreveu:
Uma função desse género está também prevista, em que tu poderás clicar para "não contar", só que isso parte do observador, como parece também ser o caso deste sistema, o que não será muito util neste caso.
"Introduced species should be reported, but will count on your lists. In the future we plan to give the option to selectively remove these species from selected lists."

Pois... a condição humana é tramada.

Por isso é que o eBird vai fazer um sistema baseado em checklists fechadas.
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 10726
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por Gonçalo Elias em Qua Jul 05, 2017 5:26 am

pedro121 escreveu:
Uma forma doméstica não é o mesmo que uma ave domestica, os cisnes-mudos e os gansos-do-egipto são domésticos mas não tem uma forma doméstica.

Não têm no ebird ou não têm na natureza?
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 19051
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por pedro121 em Qua Jul 05, 2017 5:29 am

Gonçalo Elias escreveu:
pedro121 escreveu:
Uma forma doméstica não é o mesmo que uma ave domestica, os cisnes-mudos e os gansos-do-egipto são domésticos mas não tem uma forma doméstica.

Não têm no ebird ou não têm na natureza?

Essa pergunta não faz sentido. Very Happy Very Happy
avatar
pedro121

Número de Mensagens : 10726
Idade : 42
Local : Obidos
Data de inscrição : 14/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por Gonçalo Elias em Qua Jul 05, 2017 6:14 am

pedro121 escreveu:
Gonçalo Elias escreveu:
pedro121 escreveu:
Uma forma doméstica não é o mesmo que uma ave domestica, os cisnes-mudos e os gansos-do-egipto são domésticos mas não tem uma forma doméstica.

Não têm no ebird ou não têm na natureza?

Essa pergunta não faz sentido. Very Happy Very Happy

Da tua resposta depreendo que todas as espécies para as quais haja formas domésticas têm essa opção disponível no eBird... rabbit
avatar
Gonçalo Elias

Número de Mensagens : 19051
Idade : 49
Local : Sotavento
Data de inscrição : 14/06/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espécies exóticas e rankings

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum