Vinhos do Alentejo aposta na experiência do Alentejo

Ir em baixo

Vinhos do Alentejo aposta na experiência do Alentejo

Mensagem por jheitor em Qui Jul 19, 2012 3:37 am

Vinhos do Alentejo aposta na experiência do Alentejo
19-07-2012

fonte : agroportal.pt

A Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), está a organizar visitas enoturísticas que conjugam experiências enólogas com actividades culturalmente ligadas ao Alentejo. O objectivo da CVRA é, através de visitas e provas, dar a conhecer herdades e adegas espalhadas pelo Alentejo, promovendo e potenciando o consumo de vinho alentejano e mostrando o que de melhor a região tem para oferecer.

Os Vinhos do Alentejo detêm, na categoria de vinhos engarrafados de qualidade com classificação DOC e IG, a maior quota de mercado nacional em valor 43,53% e em volume 39,81% (dados ACNielsen, Período JJ10). Entre 1995 e 2012 o número de produtores na região aumentou de 45 e 13.500 hectares aos 350 e 22.100 hectares, sendo a área total de vinha aprovada para DOC Alentejano de 11.763 hectares. Actualmente o Alentejo representa 16,47% da produção total de vinho em Portugal, havendo oito sub-regiões aprovadas para produção de vinho DOC, designadamente Borba, Évora, Granja-Amareleja, Moura, Portalegre, Redondo, Reguengos e Vidigueira. Os Vinhos do Alentejo são ainda os que mais exportam, tendo em 2011 aumentado em 34,5% a exportações para fora da UE. Como principais destinos destas exportações destacam-se os mercados de Angola, Brasil, Estados Unidos, China e Canadá.

Estes números são bastante positivos para o país e demonstrativos da saúde dos vinhos do Alentejo, cada vez melhor representados e respeitados nos mercados mundiais. Este sucesso é fruto do trabalho da CVRA e de todos os produtores de vinho alentejano, que se têm empenhado em promover os seus produtos e em fomentar o enoturismo no Alentejo.

Perante este contexto favorável a CVRA quis aproveitar as condições naturais do Alentejo e unir o que de melhor há para fazer no Alentejo com o que de melhor se produz na região. É neste contexto que nasceram os programas que associam as provas de vinhos, visitas a herdades e adegas com actividades como o birdwatching, a observação de estrelas, a fotografia e a gastronomia, fazendo com que ao visitar o Alentejo o turista tenha uma experiência completa e única.

"Com a promoção destas actividades pretendemos aumentar o enoturismo no Alentejo, através da integração de valores únicos da nossa região, que gostaríamos de ver associados à marca Vinhos do Alentejo", refere Dora Simões, Presidente da CVRA.

Num esforço demonstrativo do novo posicionamento da marca Vinhos do Alentejo foram escolhidas algumas actividades especialmente favoráveis a serem praticadas no Alentejo.

DIAS MEMORÁVEIS

Por iniciativa da CVRA, e numa organização partilhada com a Birds & Nature Tours, um grupo de jornalistas pode testemunhar o potencial da região no que diz respeito à observação de aves. A zona de Castro Verde é especialmente rica para esta actividade. Pela sua biodiversidade foi classificada como uma ZPE (Zona de Protecção Especial) e nesta zona pode-se observar algumas raridades como a abetarda (ave voadora mais pesada do mundo), o sisão, o cortiçol de barriga preta e diversas espécies de aves de rapina, como os peneireiros das torres (falcões), a rara águia imperial ibérica, entre muitos outros.

A par do birdwatching está a actividade de observação de estrelas, prática para a qual, pelas suas condições, o Alentejo reúne todos os factores desejáveis a uma observação bem sucedida. A área mais adequada à realização desta actividade é a zona do Alqueva, distinguida em 2011 como "Starlight Tourism Destination", pela UNESCO e pela OMT (Organização Mundial de Turismo), tendo sido a primeira e única região mundial com esta distinção até hoje.

A luminosidade e claridade do céu alentejano são outros dos aspectos benéficos da região que favorecem a captação de imagens e a pratica da fotografia. Foi a pensar nisso que com a colaboração da Natugrafia (Associação de Fotógrafos da Natureza), os Vinhos do Alentejo organizaram um workshop em que os participantes puderam aprofundar os seus conhecimentos da actividade e por em prática algumas experiências fotográficas.

Quando se pensa em Alentejo pensa-se também em gastronomia. Foi com base nesta forte e irrefutável premissa que os Vinhos do Alentejo, em parceria com o chef José Julio Vintém, deram a conhecer os sabores das ervas silvestres que condimentam a gastronomia regional. O workshop foi antecedido de uma visita ao campo onde os participantes foram convidados a descobrir e identificar alguns dos mais relevantes temperos alentejanos.

Durante estes programas foram visitadas algumas herdades, adegas e enoturismos do Alentejo: Herdade dos Grous, Malhadinha Nova, Casa de Santa Vitória, Encostas de Estremoz, João Portugal Ramos, Altas Quintas, Granadeiro Vinhos de Autor, José de Sousa, Fundação Eugénio de Almeida, Esporão, Herdade do Sobroso e Herdade do Rocim.


http://www.agroportal.pt/x/agronoticias/2012/07/19a.htm
avatar
jheitor

Número de Mensagens : 11468
Idade : 55
Local : cacem
Data de inscrição : 25/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum